Lauro Chaman termina prova de ciclismo de estrada fora do pódio nos Jogos Paralímpicos

·1 minuto de leitura


A delegação brasileira não teve bom desempenho no ciclismo de estrada nesta sexta-feira nos Jogos Paralímpicos de Tóquio, no dia que encerrou as provas da modalidade. Na classe C4-5, Lauro Chaman ficou na quarta colocação, enquanto André Grizante terminou apenas na 17ª colocação no Circuito Internacional de Fuji.

+ Nathan Torquato conquista ouro inédito para o Brasil no taekwondo

Lauro Chaman esteve na briga pela medalha até os primeiros 70km da prova, mantendo bom ritmo. Contudo, na reta final, acabou perdendo fôlego com tempo de 2hm17s11. A medalha de ouro ficou com o francês Kevin Le Cunff (2h14ms49), enquanto Yehor Dementyev, da Ucrânia, e Daniel Abraham Gebru, da Holanda, fecharam o pódio.

+ Brasil supera a chuva, vence Marrocos e está na final do futebol de cinco nas Paralimpíadas de Tóquio

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos