Lauro Chaman sofre queda no fim e fica fora do pódio no ciclismo nos Jogos Paralímpicos

·1 minuto de leitura


O Brasil não conseguiu medalhas nas provas de ciclismo contrarrelógio nesta terça-feira, nos Jogos Paralímpicos de Tóquio. Nenhum dos quatro brasileiros presentes nas provas conseguiu subir ao pódio. Destaque para Lauro Chaman, que ficou na quarta colocação mesmo após cair durante o percurso.

+ Claudiney Batista é bicampeão paralímpico no lançamento de disco

A primeira a entrar em ação foi Ana Raquel Lins, que encerrou a prova feminina da classe C5 na nona colocação, com tempo de 53m30s61. Logo depois foi a vez de Carlos Alberto Soares, da classe C1, que terminou o percurso de 16kms na oitava colocação, com 28m13s44.

+ Beth Gomes quebra recorde mundial e leva ouro no lançamento de disco

A grande infelicidade da madrugada ficou por conta de Lauro Chaman. O brasileiro brigava entre os três primeiros da classe C5 quando acabou tendo uma queda e perdeu posições. O atleta terminou a prova na quarta posição, com 43m44s37. Já André Grizante, da categoria C4, ficou na nona colocação, com 52m41s83.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos