Laura Pigossi encerra temporada e comemora

Luiz Candido/Luz Press


Laura Pigossi subiu três posições em novo ranking divulgado nesta segunda-feira e ficou com a 117ª posição após a semifinal no Aberto da República, torneio disputado no Rio de Janeiro. A paulistana foi superada em batalha de quase três horas diante da bielorrussa Iryna Shymanovich em seu último torneio na temporada.

Laura, medalhista olímpica em Tóquio 2021, encerrou sua melhor temporada na carreira onde começou como a 191ª colocada e entrou no top 100 com o 100º lugar em agosto. Ela fez uma final de WTA 250, do primeiro escalão do tênis feminino, em Bogotá, na Colômbia, em abril, quartas de final no WTA 250 de Varsóvia, na Polônia, foi finalista do W60 de Barranquilla, na Colômbia, semifinalista no W60 do Rio de Janeiro. Disputou ainda seu primeiro WTA 1000, em Guadalajara, no México, o Grand Slam de Wimbledon, e ainda deu o ponto decisivo do Brasil contra a Argentina fora de casa em Tucumán na Billie Jean King Cup, a maior competição de nações do esporte.


A jogadora concorre, neste fim de ano, ao Prêmio Newcomer of The Year da WTA, a Associação das Tenistas Profissionais.


"Muito feliz com meu ano de 2022, consegui superar várias barreiras essa temporada e chegar ao meu melhor ranking. Cresci muito como jogadora e como pessoa e esse ano me fez abrir ainda mais a minha cabeça e entender que eu também posso jogar entre as melhores também em simples", disse a atleta patrocinada pela ASICS, Banco BRB e pela Confederação Brasileira de Tênis.

Ela descansa e inicia nos próximos dias a pré-temporada na AD In Academy, em Barcelona, na Espanha, para o ano de 2023 que começará na United Cup, na Austrália.