Lateral crê que tempo na Europa o ajudará a se firmar no São Paulo

Novo reforço do São Paulo, Edimar coleciona uma longa passagem pelo futebol europeu. Revelado pelo Cruzeiro, mas com uma trajetória pouco notável no Brasil, o lateral-esquerdo conquistou reconhecimento principalmente na Romênia e em Portugal. Segundo o próprio jogador, o aprendizado atuando no Velho Continente poderá ser benéfico para o Tricolor.

“O futebol brasileiro é totalmente diferente do europeu. Lateral brasileiro quando joga aqui, joga de maneira ofensiva. Lá fora tem que se adaptar à linha de quatro, sabendo que a primeira tarefa é defender. Há quase um ano que eu voltei, já estou readaptado e pronto para encarar qualquer desafio. No que depender de mim vou dar o máximo para poder mostrar minhas qualidades para todos”, disse Edimar.

“O que me qualifica é o tempo que estive na Europa, minha bagagem, minha qualidade tática, o fato de ter voltado ao Brasil para defender um grande clube, que é o Cruzeiro, e por estar no São Paulo hoje. Se hoje estou no São Paulo é porque minhas qualidades com certeza foram vistas”, completou.

Indicado pelo técnico Paulo Bento, com quem trabalhou em tempos de Portugal, o lateral-esquerdo retornou ao futebol brasileiro no segundo semestre para vestir a camisa do Cruzeiro, clube pelo qual atuou 27 vezes na temporada passada e ajudou a livrar do rebaixamento. Já em 2017 a história não se repetiu e ele acabou sofrendo com a falta de oportunidades na equipe.

Justamente por ter sido bastante preterido pelo técnico Mano Menezes que as condições do jogador geram uma certa preocupação. Apesar de ter treinado regularmente no Cruzeiro e ser relacionado para os últimos jogos, Edimar prefere não dar nenhuma garantia, pelo menos por enquanto, em relação a ritmo de jogo.

“Estou totalmente bem, estava treinando com o Cruzeiro, indo para os jogos. Em questão de ritmo de jogo não sei como pode ser, mas o Cruzeiro sempre fazia amistosos com os juniores. Se o Rogério optar por mim vou estar à disposição para ajudar o clube”, afirmou o jogador.

*Especial para a Gazeta Esportiva