Laterais do mesmo setor, Juninho Capixaba e Zeca são apresentados no Bahia simultaneamente

Futebol Latino
LANCE!
Juninho Capixaba volta ao Bahia
Juninho Capixaba volta ao Bahia


Em observação mencionada até mesmo pelo diretor de futebol, Diego Cerri, o Bahia apresentou dois nomes para a lateral-esquerda (Juninho Capixaba e Zeca) na última segunda-feira (20) em entrevista coletiva dada na sala de imprensa do CT Cidade Tricolor.

Conhecedor do clube, já que conseguiu sua projeção nacional no Esquadrão até ser negociado em 2018 com o Corinthians, ele citou o sentimento de ser um privilegiado em retornar ao clube que tem um carinho especial além de sua expectativa em brigar por posição com o outro nome apresentado na mesma entrevista:

- Me sinto lisonjeado de estar voltando pra casa. Hoje é uma emoção muito grande ver o Bahia na situação que está. É um clube que todos os jogadores, tanto do Brasil como mundialmente, querem vestir essa camisa. Adquiri muita experiência (em relação a primeira passagem), um pouco mais de rodagem. Passei por equipes grandes, fui campeão nessas equipes. Acho que hoje venho mais preparado para dar o meu melhor e ajudar o Bahia novamente.

- A disputa tem que ser sadia. Aqui dentro do clube somos praticamente uma família, defendemos o mesmo escudo, temos sempre que aprimorar e trabalhar para melhorar o clube e não uma briga individual entre a gente. Se soubermos manter isso até o fim da temporada, vamos conquistar muitos triunfos e vamos trabalhar para cada um conquistar seu espaço dentro do grupo. Temos um treinador experiente que é o Roger que vai saber escalar no momento certo - adicionou o atleta de 22 anos de idade.

Já no caso de Zeca, mesmo estando em sua primeira passagem não só no Bahia como no futebol nordestino em geral, os pontos mais marcantes das suas respostas se deram na descrição do seu estilo de jogo e dos possíveis motivos para não atuar tanto pelo Internacional em 2019 como o fez em 2018.

- Sou um lateral-esquerdo, mas que joga na direita também. Assim como não só um lateral, mas para qualquer jogador no futebol que vem se atualizando taticamente e tecnicamente, tem que ser muito forte na marcação. O futebol vem mudando muito e as equipes estão jogando muito taticamente onde se ganha jogos. Pode ter certeza que não vai faltar força, vou dar a minha vida por esse clube para conquistar títulos aqui - disse o jogador.

- Foram dois anos no Internacional onde no primeiro eu fui muito bem, mas no segundo tive problemas de lesão que dificultaram para que eu pudesse atuar o ano todo. Mas esse ano é tudo novo, agradeço pela oportunidade do Bahia, do Diego e de todos os profissionais que me receberam muito bem aqui. Comecei muito bem a pré-temporada com meus companheiros que também me receberam muito bem. Agora é pensar pra frente, quero conquistar muitos títulos aqui - completou Zeca.












Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também