Lars Grael aposta em equilíbrio no Campeonato Brasileiro de Star 2021

·3 minuto de leitura
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


Dono de nove títulos nacionais e atual bicampeão, o velejador Lars Grael acredita que não terá vida fácil no Campeonato Brasileiro de Star 2021, que será realizado de 9 a 11 de julho, no Yacht Club de Santos Amaro (YCSA), em São Paulo (SP). A competição deve reunir 15 duplas, incluindo medalhistas olímpicos, mundiais e vencedores de eventos de ponta como Star Sailors League e Europeu.

Lars Grael já está na capital paulista treinando na raia da Represa do Guarapiranga para defender suas conquistas recentes ao lado do proeiro Guilherme de Almeida. O atleta de 57 anos é também campeão mundial de Star, título obtido em 2015, na Argentina.

Nos últimos dois brasileiros, que foram realizados no Rio de Janeiro (RJ), Lars Grael venceu, mas teve concorrência pesada na Baía de Guanabara. A tendência é se repetir a partir da próxima sexta-feira.

'- A expectativa de uma campeonato bastante equilibrado acontecendo em um dos clubes mais simbólicos e importantes da vela brasileira, que é o Yacht Club de Santo Amaro, onde a classe Star tem história há décadas. Pra mim é sempre uma experiência competir no Brasileiro - disse Lars Grael.

Inscritos na competição estão atletas como Ronald Seifert, medalhista em mundiais. O atleta fará proa para Admar Gonzaga. Outro destaque é Marcelo Fuchs, que foi bicampeão sul-americano e vice mundial, velejando com o proeiro Arthur Lopes, que conta com títulos nacionais e europeus.

O Brasileiro de Star terá também o experiente Alessandro Pascolato, que é dono de uma estrela de prata, estará ao lado de Henry Boennig, que já foi campeão da Star Sailors League com Robert Scheidt.

O evento em São Paulo terá a estreia de Roberto Martins na classe, que terá como proeiro Marco Lagoa, bicampeão sul-americano. Juninho de Jesus, que se destaca em Ilhabela (SP) com Snipe e HPE, vai correr com Ubiratan Matos. Robert Rittscher será dupla de Marcelo Jordão, que esteve ao lado de Lars Grael em sua primeira conquista do Brasileiro de Star em 2008.

- Os adversários são de nível alto com resultados internacionais. São muitos velejadores credenciados para um bom desempenho, isso mostra a força da classe Star - completou Lars Grael.

O Brasil sempre esteve entre os melhores do mundo na classe Star, medalhando em Jogos Olímpicos seguidamente de 1996 até 2012, quando deixou o calendário do maior evento do planeta.

Mesmo fora do circuito olímpico, os velejadores do País continuaram a obter pódios e resultados expressivos no exterior. Tanto que a Star Sailor League, a principal liga de monotipos do mundo, se refere aos brasileiros como Brazilian Storm, em comparação aos campeões do surfe. Os atletas são presença garantida em regatas como a já citada Star Sailors League e Bacardi Cup.

O brasileiro bicampeão olímpico da classe Star, Torben Grael, não estará presente nas regatas do Campeonato Brasileiro. O ídolo do esporte brasileiro já se encontra em Enoshima, no Japão, para acompanhar a delegação olímpica do Brasil.

Na Equipe Brasileira de Vela está Jorge Zarif, que disputará as regatas de Finn. O atleta tem história no Star sendo campeão mundial de 2018 com Guilherme de Almeida. Jorginho também ganhou a Star Sailors League no mesmo ano, mas com o proeiro Pedro Trouche.

Outra ausência é o maior campeão mundial de Star do País, o proeiro Bruno Prada. O medalhista olímpico conta com cinco títulos na categoria, sendo o atual vencedor ao lado do polonês Mateusz Kusznierewicz.

Duplas confirmadas

Admar Gonzaga / Ronald Seifert
Alessandro Pascolato / Henry Boennig
Wagner Bojlesen / Bruno Ruthenberg
Roberto Martins / Marco Lagoa
Marco Szili / Kasuo Miyake
Lars Grael / Guilherme de Almeida
Daniel de LaTorre (ARG) / Manoel Bunge (ARG)
Mário de Jesus / Ubiratan Matos
Marcelo Fuchs / Arthur Lopes
Alberto Guarischi / Pedro Tinoco
Robert Rittscher / Marcelo Jordão
Jorge Bhering / Gustavo Kunze
Maurício Bueno / Pedro Trouche
Luiz Augusto Gonzaga / Sergey Frantov

Lista dos últimos campeões da última década

2020 - Lars Grael / Guilherme de Almeida
2019 - Lars Grael / Samuel Gonçalves
2018 - Torben Grael / Arthur Lopes
2017 - Lars Grael / Samuel Gonçalves
2016 - Torben Grael / Arthur Lopes
2015 - Lars Grael / Samuel Gonçalves
2014 - Torben Grael / Guilherme de Almeida
2013 - Lars Grael / Samuel Gonçalves
2012 - Lars Grael / Samuel Gonçalves
2011 - Lars Grael / Samuel Gonçalves
2010 - Robert Scheidt / Bruno Prada

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos