Laporta, candidato à presidência do Barça, apoia Messi após divulgação do contrato do craque argentino

LANCE!
·1 minuto de leitura


Joan Laporta, ex-presidente do Barcelona e candidato para assumir o cargo novamente em março, saiu em defesa de Messi após o argentino ter seu contrato vazado pelo “El Mundo”. Em entrevista ao programa “El Món a RAC1”, o político revelou que conversou com o camisa 10 no último domingo e que irá trabalhar, caso eleito, pela permanência do craque na Catalunha.

- Ontem lhe mandei uma mensagem e o animei, disse que não tem que ligar para estas notícias. Todos queremos que siga aqui. Eu farei o possível para que continue. Tenho indícios de que está bem no Barcelona e quer ficar. O que ele precisa é de um projeto de time que siga sendo competitivo e ganhe a Champions.

> Veja a tabela da La Liga

Laporta também minimizou os altos números do contrato do argentino e explicou a importância de Messi tanto do ponto de vista esportivo quanto do econômico para o clube.

- Fizemos um estudo e Leo gera um terço das receitas do Barcelona. Não é só o retorno econômico que nos dá, mas também o esportivo. São 650 gols, quatro Champions, o 6 a 2 no Bernabéu, oito em cada 10 camisas vendidas são dele e isso não tem preço. A notícia é tendenciosa, dizer que o Leo levou o clube às ruínas.

Após a divulgação da matéria, Barcelona e Messi pensam em entrar com medidas legais contra o jornal “El Mundo” por conta da divulgação de um contrato privado. No campo, Messi brilhou mais uma vez ao marcar um gol de falta contra o Athletic Bilbao no último domingo e chegar a marca de 650 gols com a camisa culé.