Landim abre o jogo sobre a chance de Jorge Jesus voltar ao Flamengo

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Entrega de medalhas do Brasileiro-19: Jorge Jesus ao lado de Rodolfo Landim (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


Jorge Jesus deu declarações que repercutiram mal no Ninho do Urubu e foram vistas como "troco" por parte do técnico ex-Flamengo. E o presidente do clube, Rodolfo Landim, abriu o jogo a respeito da possibilidade do português retornar ao Rubro-Negro.

- Esquece! Essa hipótese que você disse não existe - disse Landim, em contato ao jornalista Eric Faria, da Rede Globo, que contextualizou a mensagem enviada pelo mandatário rubro-negro, durante participação no programa "Seleção", do SporTV.

- Usei ontem (quinta) um exemplo extremo para mostrar que hoje o Flamengo não pensa em Jorge Jesus. Teria como consequência tirar todo mundo do departamento de futebol. Mas se fosse um capricho do Rodolfo Landim... Landim me mandou uma mensagem e falou: "Olha, acabei de receber o vídeo que você falou ontem no Seleção. Esquece! Essa hipótese que você disse não existe". Ou seja, o próprio Rodolfo Landim nessa mensagem garante 100% que não tem a menor intenção de contratar o Jorge Jesus de volta. Eu acho que a história do Jorge Jesus morre no Flamengo hoje com essas declarações do presidente e de outros dirigentes fechando a porta - comentou Eric Faria.

> Agente de Paulo Sousa detona fala de Jesus sobre Flamengo


Após a demissão de Renato Gaúcho, no fim do ano passado, o Flamengo foi à Europa, representado por Marcos Braz e Bruno Spindel, em busca de um novo treinador. A dupla conversou com alguns nomes e fechou com Paulo Sousa, que comandava a Polônia.

Especulou-se que os dirigentes teriam também negociado com Jorge Jesus, o que foi negado por ele, que chegou a dar um prazo para o clube acertar o seu retorno (20 de maio).

> Fla de olho em clássico! Veja a tabela do Brasileirão

- Quero voltar, sim. Mas não depende só de mim. Posso esperar até pelo menos o dia 20. Depois disso, tenho que decidir minha vida. Esse time ainda mexe comigo. Me incomoda vê-lo em dificuldades. Tenho certeza de que se eu tivesse continuado teríamos conseguido uma longa hegemonia por aqui. Estávamos bem à frente dos demais - disse Jesus, em entrevista ao blog do jornalista Renato Maurício Prado, no "UOL".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos