Landim abre o jogo e fala sobre possível construção de estádio do Flamengo

Presidente rubro-negro deu pistas sobre o projeto (Foto: Paula Reis/Flamengo)


O Flamengo iniciou a temporada 2023 com o pé direito dentro de campo, mas segue com um objetivo fora dele: a construção de um estádio próprio. O tema já esteve mais quente nos bastidores do clube, mas, nesta semana, o presidente Rodolfo Landim voltou a comentar sobre o assunto. Para o mandatário, os desafios são grandes, mas possíveis.

+ Veja as principais movimentações do Flamengo no mercado da bola

Em entrevista à TV Brasil, Landim abriu o jogo sobre a questão da construção e traçou um paralelo com a utilização do Maracanã que, no momento, está sob a tutela de Flamengo e Fluminense. O presidente do Rubro-Negro entende a necessidade dos outros grandes do Rio, como Vasco e Botafogo, e expressou animação pela viabilização do projeto.

- É um desafio muito grande quando a gente faz as contas para tornar viável o projeto de um novo estádio. A prioridade número um do Flamengo hoje, já que estamos com o processo de licitação do Maracanã, é colocar a mão junto com o Fluminense. Estamos com eles há três anos neste processo. Queremos vencer a licitação e ficar com o Maracanã - disse, antes de completar:

- A gente entende o seguinte: Flamengo e Fluminense não possuem nenhum estádio. Ou seja, eles precisam do Maracanã, já que lá comporta a torcida do Fla e do Flu. O Vasco tem o seu estádio, a gente entende que o Vasco precise do Maracanã em alguns jogos. Entendemos que tudo isso deve ser conversado e analisado, com análise da tabela, para também permitir que o Vasco possa jogar no Maracanã. Mas só não podemos voltar atrás e deixar o estádio como era no passado, com a grama muito ruim - finalizou.

+ Camisa do Flamengo vaza na web e divide opiniões de conselheiros


Diversos locais no Rio de Janeiro foram analisados para o estádio do Flamengo. O viaduto do Gasômetro, visitado pelo LANCE!, apareceu como um dos mais capacitados para receber o projeto. O Parque Olímpico e Deodoro também estiveram no radar. No momento, não há qualquer perspectiva para o início da construção.