Lanús espera surpreender São Paulo na Sul-Americana

·3 minuto de leitura
Lance da partida entre São Paulo e Binacional, pela sexta e última rodada do Grupo D da Copa Libertadores
Lance da partida entre São Paulo e Binacional, pela sexta e última rodada do Grupo D da Copa Libertadores

O argentino Lanús e o  São Paulo se enfrentam nesta quarta-feira com a promessa de um bom jogo entre os ex-campeões da Copa Sul-Americana, na partida de ida da segunda fase do torneio regional. 

Vencedor da competição em 2013, o Lanús fará sua primeira partida oficial em mais de sete meses, pois o torneio argentino é um dos poucos da região que ainda está em recesso e só será retomado na sexta-feira, devido à pandemia de covid19. 

Tudo parece indicar que os donos da casa terão uma dura prova contra o Tricolor Paulista, que conquistou esse campeonato regional em 2012, e que chega ao duelo desta quarta no sul de Buenos Aires com muito mais rodagem. 

O Lanús chegou na segunda fase da Sul-Americana ao eliminar a Pontifícia Universidade Católica do Equador na primeira rodada da Copa Sul-Americana, no mata-mata disputado em fevereiro, antes do longo recesso devido à pandemia do coronavírus, enquanto o São Paulo entrou  como terceiro do Grupo D da Copa Libertadores, após ficar atrás do argentino River Plate e da equatoriana LDU.

O técnico do clube da Argentina, Luis Zubeldia, já confirmou a escalação que vai apresentar contra o São Paulo, com uma equipe que conta com diversas novidades e juventude, entre elas o zagueiro senegalês Ousmane N'Dong, além do veterano José Sand, 40 anos e maior artilheiro da história do Lanús.

- Sem jogos oficiais desde março -

A equipe argentina fez sua última partida oficial no dia 16 de março, quando perdeu para o Argentinos Juniors (1-0) na primeira rodada de uma Copa da Superliga que foi posteriormente cancelada, mas mostrou boa imagem nos últimos amistosos da pré-temporada com duas vitórias contra o Gimnasia La Plata (2-1) e San Lorenzo (4-1).

O Lanús também sofreu baixas significativas desde então, incluindo as saídas do goleiro Agustín Rossi, dos zagueiros Lautaro Valenti e Ezequiel Muñoz, dos meias Carlos Auzqui e Marcelino Moreno, enquanto no último minuto perdeu o experiente capitão Lautaro Acosta e o lateral-direito José Luis Gómez devido a lesões. 

Já o São Paulo acaba de eliminar o Fortaleza nos pênaltis após empatar por 2 a 2, em jogo pelas oitavas de final da Copa do Brasil, enquanto no Brasileiro ocupa a quinta colocação, oito pontos atrás dos líderes Internacional e Flamengo, mas com três partidas a menos que os dois. 

O time paulista chega com a necessidade de conseguir um bom resultado em meio a um panorama desanimador com os torcedores irritados com a eliminação prematura da Copa Libertadores e insatisfeitos com as atuações de um dos principais craques, o lateral Daniel Alves, defendido publicamente pelo treinador Fernando Diniz. 

A partida será disputada no estádio La Fortaleza de Lanús nesta quarta-feira a partir das 19h15 (hora de Brasília), com arbitragem do uruguaio Christian Ferreyra, e o jogo de volta será no dia 4 de novembro, no Morumbi, em São Paulo. 

Estas são as prováveis escalações:

Lanús: Lautaro Morales - Leonel Di Plácido, Ousmane N’Dong, Guillermo Burdisso e Alexandro Bernabei - Facundo Pérez, Tomás Belmonte e Lucas Vera - Pedro De la Vega, José Sand e Franco Orozco. T: Luis Zubeldía.

São Paulo: Volpi - Tché Tché, Diego Costa, Bruno Alves e Reinaldo - Daniel Alves, Luan, Gabriel Sara e Igor Gomes - Luciano (Pablo) e Brenner. T: Fernando Diniz.

str/sa/ol/lca