Lamentação de Ceni, 'não' mantido e nova ida ao STJD: Flamengo tenta contornar imbróglio com Pedro e CBF

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 minuto de leitura
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


Nos bastidores, o Flamengo tenta contornar a externada insatisfação de Pedro, cujo ato de revolta ao ser substituído no último jogo, em vitória sobre o Fortaleza, no Maracanã, foi atribuído à negativa do clube quanto ao seu pedido de disputar as Olimpíadas de Tóquio. E foi Rogério Ceni quem frisou isso, demonstrando que não aprovou e achou "lamentável" a revolta do atacante:

- Fico triste. Acho desrespeitoso não só comigo, mas com o atleta que vai entrar e com o clube. Não é da característica do Pedro, ele é um bom menino. Acho que esse negócio de seleção, convocação, também mexe um pouco com a cabeça dele. Acho uma cena lamentável, que não cabe no futebol de hoje. Não acho uma atitude correta, acho feio. Mas entendo que a cabeça dele possa estar embaralhada, pela questão da convocação. Não deixa de ser um grande jogador e um menino nota 10 - disse o técnico.

O Flamengo avisou ao Pedro que não o liberaria para os Jogos Olímpicos antes mesmo da convocação de André Jardine. O atacante anuiu, mas salientou que almeja representar o Brasil. Ele ouviu que o alto investimento (14 milhões de euros) pela sua contratação significa que o clube não está disposto a abrir mão de seu futebol por um período longo.

Em público, o Rubro-Negro fala que não "vê sentido":

- Compreendo que o Pedro foi convocado, e eles (CBF) têm que compreender que ele não será liberado. O Flamengo contrata um jogador de 13 milhões de euros e não vai poder contar com ele quando precisa? Não tem sentido - disse Marcos Braz, vice-presidente de futebol, esta semana.

A CBF, mesmo com um com um pedido do Flamengo no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) para que possa escalar Pedro a partir do dia 8 de julho e que o atacante seja formalmente desconvocado, opta pelo silêncio, embora tenha um substituto definido caso Pedro não vá para o Japão.

FLAMENGO ATIVO NOS BASTIDORES

Agora, o próximo passo do Flamengo é ir direto ao presidente do STJD, Otávio Noronha, a fim de que a liminar seja examinada mesmo sem a manifestação da CBF. A informação inicial é do jornalista Venê Casagrande e foi confirmada pelo LANCE!. O clube já frisou que não liberará o atacante sob nenhuma hipótese.

+ Veja a tabela do Brasileirão

Internamente, dá para dizer que o Fla viu aparecer um tentáculo a mais nesse imbróglio após Rogério Ceni ecoar a insatisfação de Pedro. O receio é que a descontentamento se alastre e contamine o bom ambiente no Ninho do Urubu. A aguardar os próximos passos dessa novela de interesses divergentes.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos