Ladies of the Road. Ases em duas rodas farão expedição de São Paulo até Mariana, no interior de Minas

Anderson Gonçalves
·4 minuto de leitura


A paixão pelo motociclismo é o combustível para um grupo de mulheres que vive a vida sob duas rodas, rompe fronteiras e domam máquinas acima de 600 cilindradas. Esse é Grupo Ladies Of The Road, que tem membros em diversas partes do Brasil e terão um encontro especial esta semana, em Belo Horizonte.

As “Ladies of The Road” farão uma expedição com pilotos mineiras e paulistas pela rota Capitão Senra, que vai de Brumadinho até Piedade do Paraopeba/ MG com direito a uma celebração entre elas em BH antes de seguirem adentrando as montanhas mineiras.

Jaqueline Moscatelli é uma das organizadora do evento em Minas Gerais e explicou como surgiu o “Ladies of The Road” e como elas resolveram cair na estrada Brasil afora.

-O grupo foi criado em 2010 na cidade de São Paulo, em uma reunião de amigas, sendo que duas delas, Sandra Beccaro e Silvia Favaron, tiveram a ideia de criar uma agrupamento em que só mulheres fossem pilotos. Daí, surgiu o grupo “Ladies of The Road”. O principal propósito do grupo é incentivar mulheres a saírem da garupa de seus parceiros e tomarem seus próprios rumos-disse Jaqueline.

-A maioria de nós pilotamos Harleys Davidson, mas o grupo e aberto a todas as pilotas de outras marcas, a única regra é a moto ser acima de 600 cc. O porquê? Devido às viagens longas que fazemos, as motos precisam de uma autonomia para seguir tranquilas o trajeto.


O Ladies of The Road vem conquistando espaço e novos membros desde de sua criação, ampliando as parcerias e conhecendo cada vez mais dentro e fora do Brasil. Sair da garupa do homem, como disse Jaque, tem um ar de liberdade muito além de subir em uma motocicleta. É uma declaração direta de autonomia e domínio das potentes motocicletas.

-Atualmente o grupo é composto por mulheres que pilotam motos acima de 600 cc . Já somamos quase 800 mulheres espalhadas pelo Brasil ,Paraguai , Chile e Uruguai- comentou Jaqueline.

Como acontecem os encontros do Ladies of The Road

Existe toda uma organização do grupo, que projeta um calendário com as viagens que consigam ter o maior número de participantes possíveis, sempre dispostas a explorem as estradas e belezas que uma uma aventura em duas rodas pode proporcionar. Jaqueline Moscatelli explica a dinâmica anual dos eventos.

-Os eventos regionais seguem um calendário que é elaborado pelo time de de São Paulo. Esse calendário anual se adequa nas demandas de cada estado, levando em conta seus parâmetros, como datas comemorativas, feriados e os diferenciador eventos que ocorrem em quase todos os estado durante o ano, tentamos participar de quase todos, nossa presença sempre e transfornada em uma grande festa. O calendário anual e construído em cima de vários outros eventos que acontece simultaneamente em outros estados.

-O evento que estamos participando surgiu da ideia de visitar algumas cidades no Brasil e conhecer as paisagens, pontos turísticos. A “Expedição Ladies 2020”, saiu de São Paulo, passou por Campo Grande, Cuiabá, Goiânia, Brasília, Salvador , João Pessoa, Vitória e chegará a Belo Horizonte, para aí seguir a rota Capitão Senra-explicou Jaque Moscatelli, que completou:

O-A Expedição chega em BH no dia 19 de novembro, onde encontraremos todas as pilotos e iniciaremos a rota Capitão Senra em São Sebastião das Águas Claras ( Macacos) até Brumadinho/MG.

O que é a Rota Capitão Senra

A escolha da Rota Capitão Senra pelas “Ladies of the Road” é uma celebração ao mundo off road. O caminho pode ser considerado a Rota 66, nos Estados Unidos, famosa em todo mundo graças ao filme “Sem Destino”, de 1969, com Dennis Hopper e Peter Fonda, que cristalizou na mente de milhões de pessoas a ideia de poder explorar mundo afora sob duas rodas.

O nome da rota é se refere ao mineiro José Senra, que foi um motociclista amante e colecionador de motos Harley-Davidson, de origem norte-americana. Senra, que morreu em 2016, foi um capitão da Polícia do Exército, tendo como missão escoltar autoridades como o Presidente Juscelino Kubitschek e a Rainha Elizabeth II.

Sua paixão pelas duas rodas gerou o grupo Águias de Aço, em 1980, um dos mais antigos e tradicionais motoclubes do Brasil. Atualmente, o Brasil possui cerca de 3.200 motoclubes, incluindo as Ladies of The Road, que se destacam em universo dominado por homens.

A Rota Capitão Senra possui um trajeto de 140KM, partindo de São Sebastião das Águas Claras, distrito de Macacos, Na Grande BH, passando pelo Parque Estadual da Serra do Rola-Moça, Brumadinho),, BR 040, chegando no seu destino final, em Mariana. Quer saber mais sobre essas moças que voam nas duas rodas pelas estradas do país: acessem https://www.instagram.com/ladiesoftheroad/
e em MG www.Instagram.com/ladies_oftheroadsMG

Serviço: Expedição Ladies of the Road
Data: 20 de novembro.
Saída: sexta feira às 10:45
Local de encontro: Copasa