La Liga mantém apoio aos clubes para que não cedam atletas nas Eliminatórias da América do Sul

·1 minuto de leitura


Apesar do apelo da Fifa pedindo a liberação de jogadores que atuem na La Liga e Premier League atuem por suas seleções nas Eliminatórias da Copa do Mundo na América do Sul, a entidade que regula o futebol espanhol mantém apoio aos clubes caso não queiram ceder seus atletas na próxima data Fifa.

A organização justifica o apoio aos clubes "devido ao aumento em dois dias do período Fifa, tanto em setembro como em outubro, afetando de uma forma flagrante o calendário e a integridade da competição da La Liga". A entidade também afirma que outras confederações, como a Uefa e a Concacaf, realizarão o mesmo número de partidas (três jogos) em um espaço de 10 dias.

> Veja a tabela do Campeonato Espanhol

A La Liga também afirmou que "irá iniciar medidas cautelares junto ao órgão judicial competente com o fim de proteger os direitos e interesses da competição e dos clubes afetados". No entanto, a entidade também propõe uma adaptação no calendário da Conmebol para que realize todos os duelos previstos em 10 dias.

Além dos jogadores que atuam na Espanha, a Premier League e a Serie A, da Inglaterra e Itália, respectivamente, também estão ao lado de seus clubes. Com isso, é possível que uma nova convocação das seleções da América do Sul tenha que ser realizada uma vez que a 9ª rodada das Eliminatórias está prevista para iniciar no próximo dia dois de setembro.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos