Lúcio lamenta queda do Inter e evita polêmicas com Palmeiras e São Paulo

O zagueiro Lúcio atuou no futebol indiano, no FC Goa, nas últimas duas temporadas e, durante evento da Uefa, deu a entender que está encerrando a sua carreira, colocando apenas uma condição para seguir atuando profissionalmente. Ele também comentou sobre a sua experiência de jogar no país da Ásia Meridional.

“Este ano eu estou mais em casa, junto com a família. Tem que ser alguma coisa boa para a gente continuar (jogando), mas sempre vou continuar praticando esporte”, declarou o jogador de 38 anos. “Na temporada que passou o time não foi muito bem, entretanto a experiência é sempre legal. Conheci um país diferente, uma cultura diferente. Valeu pela experiência”.

O zagueiro, que teve sua primeira grande oportunidade no Internacional, clube onde atuou entre 1997 e 2000, afirmou que o Colorado mereceu ser rebaixado e comemorou o fato de o resultado em campo ter sido mantido. Lúcio ainda revelou que as dívidas que o São Paulo e o Palmeiras tinham com ele foram pagas.

“É uma situação ruim (o imbróglio envolvendo o Victor Ramos e o rebaixamento), mas acho que o Inter não jogou bem. O importante é sempre prevalecer o que aconteceu em campo. O Inter não mereceu ficar na Séria A e foi rebaixado. Vida que segue. Agora tem a obrigação de subir de volta”, afirmou o pentacampeão mundial. “Já está resolvido, não tem mais nada. Vida que segue e agora é guardar as boas lembranças”.

*Especial para a Gazeta Esportiva