Lírio Smaniotto é eleito presidente de honra da Chapecoense

LANCE!
·1 minuto de leitura


De volta à elite do futebol nacional, a Chapecoense, que atravessa diversas mudanças internas em sua diretoria, anunciou que Lírio Smaniotto é o novo presente de honra do Verdão do Oeste até o fim de 2021.

+ São Paulo atrás de novo técnico, futuro de Cuca no Santos e Agüero rumo a gigante europeu… Veja o Dia do Mercado

Feliz pelo convite, o dirigente relembrou a sua trajetória dentro do clube, que foi presidente em 1989.

‘A minha história com a Chapecoense é antiga. Eu comecei em 1987 como diretor de futebol e em 1989 fui presidente. De lá pra cá, dentro das minhas possibilidades, eu sempre contribuí com a Chapecoense. Seja como sócio, como conselheiro, como colaborador, como incentivador. Eu levarei esse título com muita alegria e com muita honra até os últimos dias da minha vida’ afirmou ao site oficial do clube.

Segundo Smaniotto, o seu grande objetivo é manter cada vez mais vivo o DNA da Chapecoense ao redor do planeta.

+ CONFIRA A CLASSIFICAÇÃO FINAL DA SÉRIE B

‘A Chapecoense tem um diferencial em relação a qualquer clube. Nós temos um DNA forte, um DNA de competição, de aproximação de todas as pessoas - torcedores, diretoria, funcionários, atletas… a própria imprensa faz o seu papel. Há uma torcida enorme em torno da Chapecoense, não só em Chapecó, como na região toda, no Brasil e até no exterior. É um clube diferenciado, um clube que nos dá muita honra’.