Líder do ranking feminino de surfe sofre corte no pé na Austrália

Líder do ranking feminino da Liga Mundial de Surfe (WSL, na sigla em inglês), Sally Fitzgibbons deu um susto nos fãs ao deixar a última bateria desta quarta-feira, válida pela terceira fase da etapa de Bells Beach, na Austrália, com um corte profundo no pé esquerdo. A atleta saiu da água no jet-ski da organização e precisou ser carregada para o posto médico.

”Sally está com um pouco de dor. Ela tem um corte muito grande na parte de cima do pé. Não sei em relação à profundidade, mas há uma grande quantidade de sangue. Deram a ela algumas injeções e estão tentando ver melhor, entender a profundidade e ver o que fazer. A parte de cima do pé é um lugar complicado para machucar. Não é um corte grande, mas é bem sólido. Os médicos estão cuidando dela“, explicou a comissária da WSL Jessi Miley-Dyer.

No momento em que se lesionou, Fitzgibbons, que divide a liderança do ranking e a camisa amarela com Stephanie Gilmore, disputava a quarta bateria do terceiro round com a francesa Johane Defay e a brasileira Silvana Lima. A australiana deixou a disputa e, se tiver condições, competirá na quarta fase contra a havaiana Tatiana Weston-Webb.

Semifinalista na etapa de Gold Cost, que abriu a temporada, e vencedora em Margaret River, Sally Fitzgibbons divide a ponta do ranking com a hexacampeã mundial Stephanie Gilmore, que tem a mesma campanha. Ambas as surfistas somam 16.500 pontos na classificação geral.