Léo Santos treina em campo, mas ainda não tem prazo para voltar a jogar pelo Corinthians

Alexandre Guariglia
·2 minuto de leitura


Afastado dos gramados há mais de um ano e meio, o zagueiro Léo Santos treino em campo no CT Joaquim Grava nesta quarta-feira. No entanto, a atividade foi feita apenas com a fisioterapia e ainda não há prazo para o retorno do jogador. Enquanto isso ele segue a recuperação física em decorrência de problemas recorrentes no joelho direito.

Léo vinha se recuperando de lesão durante o isolamento doméstico provocado pela pandemia de coronavírus e foi integrado ao elenco no retorno aos treinamentos. No entanto, ele voltou a sentir o joelho e precisou passar por uma nova cirurgia. Agora, o defensor passar por um processo de fortalecimento muscular para evitar que as contusões se repitam.

A atividade no gramado, registrada nas fotos fornecidas pelo clube, não é sinal de um retorno iminente do zagueiro. O trabalho de tração, junto ao fisioterapeuta Luciano Rosa, faz parte da rotina de recuperação. O clube não tem pressa para que Léo Santos volte, então não está descartado que ele somente jogue novamente em 2021, quando estiver 100% fisicamente.

A primeira lesão ocorreu quando ele estava emprestado ao Fluminense no ano passado e sofreu uma tendinite patelar. A situação o fez retornar ao Corinthians e passar por cirurgia em abril de 2019. Já em setembro, lesionou novamente o joelho e teve de passar por nova cirurgia, que o deixou afastado desde então. Somente retomando os treinamentos com bola em julho de 2020.

Léo disputou sua última partida no dia 27 de março de 2019, ainda pelo Fluminense, no Campeonato Carioca. De lá para cá são quase 600 dias sem entrar em campo. Durante a paralisação por conta da pandemia de coronavírus, ele renovou contrato com o Timão até dezembro de 2023. Aos 21 anos, ele teria sido opção para um setor que ficou carente neste semestre.