Léo Santos brinca com auto escola e já conversa para renovar com Timão

Com 1 a 1 no Morumbi, Timão assegura, no mínimo, o segundo lugar do grupo A. Agora, equipe precisa de apenas um triunfo em quatro jogos para terminar líder da chave

Após marcar seu primeiro gol pelo Corinthians, no empate por 1 a 1 com a Ponte Preta, no último domingo, o zagueiro Léo Santos esbanjou alegria em sua entrevista coletiva nesta segunda-feira, no CT Joaquim Grava. Aos 18 anos, ele vai de metrô às aulas de CFC (Centro de Formação de Condutores) em uma auto escola no Tatuapé e ainda não sabe se será reconhecido.

- Não tive a oportunidade de andar de metrô (depois do gol). Hoje vou andar, provavelmente, porque tenho de ir para o curso da auto escola. Não sei se o pessoal vai reconhecer ou não - afirmou Léo Santos, que brincou sobre seu desempenho no trânsito.

- Sou piloto, vai! Estou aprendendo. Logo menos começo as aulas práticas para finalizar esse processo de tirar a carteira de motorista.

A entrevista coletiva de Léo Santos não foi apenas descontração. O jovem zagueiro mostrou seriedade ao falar sobre a renovação de seu contrato, que termina em 15 de setembro do ano que vem. Ele revelou que já foi procurado pelo Corinthians para prorrogar o vínculo, mas deixa essa questão com seus empresários.

- O pessoal me procurou para conversar sobre isso, mas essa parte não é comigo, procuro só focar no campo mesmo. Eles já devem estar em contato com meus empresários, provavelmente - disse.

O Corinthians tem 70% dos direitos econômicos de Léo Santos, que detém os outros 30%. O zagueiro acredita que essa divisão é positiva.

- Para falar a verdade, não sou 100% do Corinthians, apenas 70%, e 30% são meus. Isso é bom. O Corinthians tem uma grande porcentagem, posso estar na vitrine e aparecer mais. Agora é trabalhar - declarou.

Aos 18 anos, Léo Santos tem agora dois jogos pelo profissional do Corinthians. Ele é visto como uma das principais promessas e é frequentemente convocado para as categorias de base da Seleção Brasileira.













E MAIS: