Léo Matos celebra gol 'inesperado' e elogia ação do Vasco a favor da causa LGBTQIA+: 'Está de parabéns'

·1 minuto de leitura


O lateral-direito Léo Matos celebrou o gol que selou o triunfo do Vasco sobre o Brusque por 2 a 1, neste domingo, pela Série B do Campeonato Brasileiro. Ele admitiu que a jogada aconteceu em um lance que o grupo não está habituado a treinar.

- Foi fundamental esse resultado. Nós não merecíamos o empate. Criamos muitas ocasiões no primeiro tempo, mais ou menos umas quatro ou cinco, mas não fizemos o gol. No segundo tempo, a gente fez o gol, mas infelizmente sofreu o empate. No final, graças a Deus eu consegui converter um lance que a gente não treina. Um lance que foi um pouco na dose do desespero, porque a gente não contava com o deles, mas acabou dando certo. Graças a Deus fiz esse gol, conseguimos essa vitória e agradeço aos meus companheiros pelo grande jogo.

O jogador também elogiou a postura do companheiro Cano, que retirou a bandeirinha de escanteio do lugar e ergueu a bandeira LGBTQIA+, ao comemorar seu gol, o primeiro do Cruz-Maltino.

- Sobre a comemoração do Cano, eu nem vi. Virei as costas para agradecer, mas o Vasco da Gama está de parabéns por essa iniciativa de luta contra o preconceito. Chegou em um momento de dar um basta contra a homofobia.

Com o resultado, o Vasco pulou quatro posições e terminou a sétima rodada em sexto, com 10 pontos e a dois do G-4. O Brusque caiu duas colocações e aparece logo abaixo do Cruz-Maltino, com o mesmo número de pontos, mas com um jogo a menos e atrás no critério de gols marcados.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos