Léo Gamalho decide, Coritiba vence Avaí e ganha folga na ponta da Série B

·3 minuto de leitura


Em jogo de dois times na parte de cima da tabela abrindo o segundo turno da Série B, o Coritiba teve como diferencial a grande fase de Léo Gamalho para vencer por 2 a 1 o Avaí na Ressacada. Agora, o time de Gustavo Morínigo abriu cinco pontos de vantagem na liderança para o Goiás (39 a 34) enquanto os catarinenses pararam nas 33 unidades em terceiro lugar.

>Aplicativo de resultados do LANCE! está disponível na versão iOS

DISPUTA EM ALTA, CHANCES EM BAIXA

A dedicação tática no sentido de diminuir os espaços do adversário era bem implementada pelas duas equipes, tornando a partida nos primeiros minutos uma sequência de jogadas divididas e com praticamente nenhuma chance efetiva de se ver a bola balançar as redes. Não à toa a primeira oportunidade mais clara veio em batida de falta vindo do lado direito no ataque avaiano onde, passando por toda a zaga Coxa Branca, Getúlio tocou de cabeça já sem goleiro, mas mandou sobre a meta.

DEMOROU, MAS, QUANDO VIERAM...

As chances eram raras, mas bastou uma elevação no volume de jogo por parte do Avaí que, em sequência, dois gols agitaram o compromisso com lances construídos na base do alargamento do campo. Enquanto João Lucas subiu bem para cruzar rasteiro e dar a assistência para Getúlio abrir a conta do lado Azzurra, pelo Coritiba foi Val quem avançou e fez um cruzamento na medida onde Igor Paixão testou antecipando Glédson que até tocou na bola, mas não evitou a igualdade do time paranaense.

PISARAM NO ACELERADOR

Diferente do que ocorreu na primeira parte, a volta do intervalo mostrou que Avaí e Coxa pareciam mais capazes de aproveitar os poucos espaços disponíveis (e também considerando o grau de cansaço como ponto de colaboração) onde transformavam essa realidade em mais sustos para Glédson e Wilson. Dentro desse período, a chance mais clarividente surgiu na batida de falta ensaiada onde Val, próximo a meia-lua, encheu o pé para acertar a trave esquerda do arqueiro avaiano que até pulou, mas não chegaria a tempo de evitar que a pelota estufasse as redes.

NOS PÉS DO MATADOR

Até então tendo poucas oportunidades de conseguir finalizar perante a partida mais "truncada" em grande parte do tempo, bastou uma sobra perto da pequena área para Léo Gamalho mostrar que seu faro está apuradíssimo. Em ótimo cruzamento de Waguininho mandando do lado esquerdo da grande área, Igor Paixão cabeceou e Glédson fez uma ótima defesa em bola que bateu no travessão. Com isso, ela "se ofereceu" para Gamalho que tocou pro fundo das redes, fazendo seu 17° tento na temporada 2021 sendo 10 deles na Série B.

SOB CONTROLE

Como era de se esperar pelo teor do confronto, na reta final da partida o time da Ressacada tentou criar um ambiente de pressão em busca da igualdade e com direito a diversas alterações na ideia de colocar "sangue novo". Porém, salvo batida de falta direta pro gol executada Edílson que rendeu uma reversão por se tratar de dois lances, o time da casa não levou maior perigo ofensivo e os três pontos ficaram mesmo com os visitantes.

FICHA TÉCNICA DA PARTIDA
​AVAÍ 1 x 2 CORITIBA

Local:
Estádio da Ressacada, em Florianópolis (SC)
Data e hora: 20/08/2021 - 19h (de Brasília)
​Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (FIFA)
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (FIFA) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP)
VAR: Vinicius Furlan (SP)
Cartões amarelos: Jean Cléber, Edilson (AVA); Val, Willian Farias (CTB)
Cartões vermelhos: -

GOLS: Getúlio (31'/1°T) (1-0), Igor Paixão (32'/1°T) (1-1) e Léo Gamalho (22'/2°T) (1-2)

AVAÍ (Técnico: Claudinei Oliveira)

Glédson, Edilson, Rafael Pereira, Betão e João Lucas (Diego Renan, aos 36'/2°T); Jean Cléber (Wesley Soares, aos 36'/2°T), Serrato (Vinicius Leite, aos 17'/2°T) e Lourenço; Renato (Valdivia, aos 24'/2°T), Getúlio (Ronaldo Silva, aos 36'/2°T) e Copete.

CORITIBA (Técnico: Gustavo Morínigo)

Wilson; Natanael, Henrique, Luciano Castán e Guilherme Biro; Willian Farias, Val (Matheus Sales, aos 34'/2°T) e Robinho (Rafinha, aos 21'/2°T); Waguininho, Léo Gamalho (Igor, aos 40'/2°T) e Igor Paixão.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos