Léo confirma seu afastamento no Furacão. Clube respondeu

O lateral direito Léo confirmou em sua conta do Facebook que chegou ao fim sua passagem pelo Atlético Paranaense. Emprestado junto ao Flamengo e com contrato renovado até o final de 2017 após muita insistência do clube, o jogador foi afastado do elenco pela comissão técnica e deve voltar ao Rio de Janeiro.

O atleta perdeu espaço com a chegada de Jonathan e foi utilizado nesta temporada na equipe alternativa que disputou a primeira fase do Campeonato Paranaense. No último final de semana, na vitória sobre o Paraná Clube, entrou no segundo tempo da partida válida pelas quartas de final da competição.

Na nota, Léo afirma que não concorda com o afastamento e que em nenhum momento teve problemas de relacionamento ou disciplinares, dizendo respeitar a decisão da comissão técnica e agradecendo a torcida rubro-negra pelo período em que ficou na Baixada.

O clube, entretanto, tem outra versão e, em nota oficial afirma que, “ao contrário do seu discurso nas redes sociais, (Léo) demonstrou má vontade e teve condutas antiprofissionais, que atingiram não só a Instituição, mas o compromisso que todo atleta deve ter como profissional. Em decorrência da constante insatisfação demonstrada pelo atleta com a suplência, assim como visando a preservação de um ambiente saudável no grupo atleticano, a Direção e a Comissão Técnica decidiram pela mudança do projeto desportivo do jogador no Clube. A decisão levou em conta também a insatisfação demonstrada pelo grupo de atletas do Rubro-Negro, com a postura de Léo nos treinamentos e jogos”.

Confira a nota do lateral:

Em primeiro lugar, gostaria de agradecer ao torcedor do Atlético Paranaense pela força que tem me dado desde a primeira vez que vesti essa camisa. Sou muito grato por tudo que vivi no clube.

Infelizmente não faço mais parte do elenco principal. Não por vontade própria e quero deixar claro isso. Fui comunicado que não serei mais utilizado pela comissão técnica. Respeito a decisão, sem concordar, claro, até porque tenho dado minha vida em cada treino para ajudar o grupo, independente de jogar ou não.

Tenho mais de cem partidas com essa camisa e sempre procurei honrá-la em busca do melhor para o clube. Me dediquei para fazer o bem ao Atlético. Desmente essa versão, ao contrário do seu discurso nas redes sociais, demonstrou má vontade e teve condutas antiprofissionais, que atingiram não só a Instituição, mas o compromisso que todo atleta deve ter como profissional.

Em decorrência da constante insatisfação demonstrada pelo atleta com a suplência, assim como visando a preservação de um ambiente saudável no grupo atleticano, a Direção e a Comissão Técnica decidiram pela mudança do projeto desportivo do jogador no Clube.

A decisão levou em conta também a insatisfação demonstrada pelo grupo de atletas do Rubro-Negro, com a postura de Léo nos treinamentos e jogos.

Nunca discuti ou desrespeitei ninguém. Não tenho esse histórico. Agora é seguir minha vida. Fecho um ciclo no Atlético, com muita tristeza, pois queria fazer um grande ano no clube.

Fico na torcida por todos e agradeço pela força de sempre!