Lédio Carmona pede paralisação do futebol: 'Precisa respeitar o pranto do povo brasileiro'

LANCE!
·1 minuto de leitura


O comentarista Lédio Carmona, do Grupo Globo, pediu nesta quarta-feira nas redes sociais a paralisação do futebol brasileiro por conta dos recordes de casos e mortes por Covid-19 no país. Destacando o número de mortes logo no início do texto, o jornalista afirmou que há a necessidade de empatia, respeito e discernimento neste momento.


>> Veja a classificação Campeonato Carioca


- 2286 mortes. Se pensarmos nesse número por cada família envolvida, ultrapassamos (sei lá) 50 mil pessoas devastadas. Isso a cada dia. Eu ainda tinha alguma dúvida até ontem. Hoje, ainda de férias, não tenho como não me posicionar na função de jornalista. O futebol precisa parar e respeitar o pranto do povo brasileiro. Esqueçam a bolha da alienação dos gramados, o protocolo feito por médicos-cartolas, esse calendário maldito e a politicagem de sempre - escreveu Lédio em seu perfil no Instagram.

- Que a comunidade do futebol tenha o mínimo de empatia e discernimento nesse momento. Pegue o seu banquinho, saia de mansinho e espere sua vez. Nem tudo se resolve com hino nacional e minuto de silêncio. Se não querem ajudar, favor não atrapalhar com o egoísmo e a habitual falta de compaixão do mundo paralelo da bola - completou.

O apresentador Alex Tseng, do Grupo Disney, também destacou os altos números de mortes desta quarta-feira também no Instagram. Mesmo em meio a alto número de mortes na pandemia, a CBF decidiu manter a realização de jogos de futebol no país.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.