Lázaro explica decisão por Renato Augusto na esquerda e variações táticas no Corinthians


Quando o Corinthians anunciou a escalação para o jogo contra o Água Santa, a expectativa é que o time voltasse para o 4-3-3, esquema tático que ficou popular no clube pelo menos nas duas últimas temporadas, mas que deixou de ser utilizado no jogo de estreia no Timão em 2023, no último domingo (18), quando o Alvinegro perdeu para o Red Bull Bragantino, em Bragança Paulista.

Porém, na prática, a postura foi outra, principalmente no primeiro tempo. Renato Augusto, que fez a sua estreia na temporada, atuou aberto pelo lado esquerdo. A expectativa era que ele jogasse centralizado, para organizar as ações do jogo. Essa função, por sua vez, ficou a cargo de Adson, atleta em que se esperava que contribuísse pelos lados do campo.

+ Com gols e assistências, Yuri Alberto e Róger Guedes são os “caras” da vitória do Corinthians sobre o Água Santa

A versatilidade da dupla foi o argumento utilizado pelo técnico Fernando Lázaro para justificar as escolhas. O treinador está no seu início de trabalho efetivo no comando corintiano. Antes interino, com sete partidas como treinador do Timão no currículo, o profissional foi anunciado como efetivo no cargo para esta temporada. Ele está há 20 anos no clube alvinegro, tendo passado pelas áreas de tecnologia até análise de desempenho.

- Renato normal, função que está acostumado a exercer, utiliza bem os espaço, sabe preencher os espaços e diminuir. Tem entrosamento com o Fagner. Adson também é construtor, meia de origem, vinha jogando pelos lados, mas tem conteúdo, capacidade entrelinhas, alternou e deu velocidade nas construções - explicou Lázaro em entrevista coletiva após o triunfo diante do Netuno.

Os três gols corintianos foram construídos do lado direito, mas Fernando também valorizou a atuação do outro setor, o canhoto, no triunfo contra o adversário, da cidade de Diadema.

- Na verdade, durante o jogo a gente tem um bom equilíbrio. As ações que geraram o gol saíram por esse lado (direito), mas construímos pela esquerda. A primeira chance do jogo, uma bola na trave, foi por ali. Algumas ações começam pelo lado esquerdo em inversão. Jogada começa na esquerda e termina na direita. Time inteiro coletivamente esteve bem - opinou Lázaro.

+ Confira a tabela do Paulistão e simule os jogos da competição estadual

Ainda que tenha iniciado os dois primeiros jogos no comando efetivo do Corinthians com um 4-4-2 em losango, com um volante, dois meias abertos e um armador entre eles, que alternava em 4-3-1-2, com a dupla das beiradas fechando para ajudar na marcação e deixando apenas um centralizado, Fernando negou preferência por esquema tático e garantiu que tem trabalhado o grupo de acordo com as variações de acordo com os adversários e as caracterísitcas que tem em mãos.

- Não é preferência (4-4-2). A gente tem trabalhado com algumas possibilidades e vamos estruturar de acordo com as características dos atletas, adversários. Por dentro, por fora, pode variar e tem variado durante o jogo. Adson foi muito bem fazendo essa função. Alternado, foi bem ao lado dessa dinâmica. Nossos próprios atacantes fizeram isso e fizeram em alguns momentos do jogo, além de outros meias que a gente tem na equipe - destacou o técnico corintiano.

Corinthians 3 x 0 Água Santa - Paulistão 2023
Corinthians 3 x 0 Água Santa - Paulistão 2023

Elenco do Corinthians inicou 2023 unido e fechado (Foto: Rodrigo Coca/Ag.Corinthians)

Fernando Lázaro aproveitou para elogiar o sistema ofensivo do Corinthians. Contra o Água Santa, os gols saíram dos pés da dupla de atacantes. Róger Guedes marcou duas vezes, enquanto Yuri Alberto uma e deu duas assistências. Porém, o treinador corintiano não se restringiu em falar somente dos artilheiros da noite, mas valorizou todos os atacantes que possui no plantel, até mesmo os que não jogaram contra o Água Santa.

+ Confira as movimentações do mercado da bola no vaivém do LANCE!

- Nós não temos só uma dupla, mas um elenco com opções de ataque muito boas. Romero entrando, Junior (Moraes) retomando um patamar, um atleta elevando o seu nível e agora dando condições, jovens da base subindo - destacou o comandante do Timão.

Para Fernando Lázaro, o tempo será essencial para que a filosofia de jogo seja adaptada pelos atletas do elenco corintiano. Assim, é importante o fato de que o clube já voltará a campo neste sábado (21). O adversário será a Inter de Limeira, que mandará o jogo no estádio Major Levy Sobrinho, na cidade do interior paulista. Será a possibilidade do Timão vencer a primeira como visitante com o novo treinador.