"Lágrimas de imensa alegria": moradores brindam aos ouros do Japão na Olimpíada

·1 minuto de leitura
Ginasta japonês Daiki Hashimoto comemora medalha de ouro conquistado no individual geral da ginástica na Olimpíada de Tóquio

TÓQUIO (Reuters) - Moradores japoneses de Tóquio, sede da Olimpíada, comemoraram o sucesso dos seus atletas no grande espetáculo esportivo nesta quinta-feira fazendo fila para tirar fotos em torno de um monumento olímpico perto do Estádio Nacional da capital.

O Japão está tendo Jogos brilhantes, em segundo lugar no quadro de medalhas com 15 ouros, quatro pratas e seis bronzes, atrás apenas da China e à frente dos Estados Unidos.

Com um blazer japonês de Tóquio 2020, Chiyoko Oshima e sua amiga tinham comprado ingressos para várias provas, incluindo da ginástica masculina, mas devido à proibição de espectadores nos Jogos tiveram que se contentar em vê-las de um quarto de hotel.

Oshima disse que ficou surpresa com Daiki Hashimoto se recuperando para ganhar o ouro em uma atuação eletrizante na ginástica e se tornar, aos 19 anos, o homem mais jovem a conquistar o título do individual geral na Olimpíada.

"O fato dessas pessoas serem tão jovens, e que se prepararam com toda a força e o coração, e quando vimos o sucesso que tiveram na TV, brindamos e derramamos lágrimas de imensa alegria", disse Oshima, de 62 anos.

Os Jogos foram adiados em um ano por causa da pandemia e pesquisas de opinião têm mostrado com consistência que a maioria dos japoneses é contra a realização da Olimpíada durante a pandemia de Covid-19.

(Por Joseph Campbell)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos