Kyrgios disse que jogava de maneira "inacreditável" antes de sofrer lesão em Wimbledon

·1 minuto de leitura

LONDRES (Reuters) - O performático tenista australiano Nick Kyrgios disse que estava jogando de maneira "inacreditável" antes de se ver forçado a desistir da partida devido a uma lesão abdominal em partida da terceira rodada de Wimbledon diante de Felix Auger-Aliassime neste sábado.

O atleta de 26 anos, disputando seu primeiro torneio desde o Aberto da Austrália após uma parada autoimposta por causa da Covid-19, chegou a vencer o primeiro set por 6-2, mas perdeu a segunda parcial por 6-1, tendo pedido um tempo médico devido às dores.

Ele então decidiu que não poderia mais continuar jogando.

Foi um anticlímax para a multidão que assistia à partida na quadra Um e que estava hipnotizada com as jogadas de Kyrgios logo no início, enquanto ele atuava melhor que o 16º cabeça-de-chave, quebrando seu saque três vezes.

Mas com 5-2 à frente na parcial inicial, tudo começou a dar errado quando ele passou a sacar em meio a caretas e expressões de dor, por causa de um dos seus músculos abdominais.

Ele disse que a lesão ocorreu ao sacar em 4-1.

"Assim que saquei, senti uma dor aguda. Sabia que estava em apuros", disse aos jornalistas Kyrgios, que ganhou destaque mundial ao vencer Rafa Nadal em 2014.

(Por Martyn Herman)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos