Zagueiro do Palmeiras lembra tempos de Real Madrid e fala de amor pelo tênis: ‘Era meu esporte principal’

·1 min de leitura


O zagueiro Kuscevic foi uma das poucas contratações do Palmeiras para a temporada 2020, visto como um atleta promissor. O defensor teve um início no esporte inusitado para um jogador de futebol, focando no tênis até os dez anos.

– Meu pai era muito fanático por tênis, eu ainda sou, sigo muito. Acho que até os dez anos, meu esporte principal era o tênis. Cheguei ao futebol porque queria achar um time, uma equipe. É muito duro quando um menino joga tênis, que tem que ficar sozinho. Achei que não era aquilo o que eu queria – revelou.

Além disso, o jogador relembrou os tempos em que esteve no Real Madrid. O zagueiro passou uma temporada emprestado à equipe espanhola, entre 2014 e 2015, e fez parte do elenco da base merengue.

– Foi uma experiência surreal. Ainda me lembro quando o meu agente me ligou para falar que tinha uma proposta do Real Madrid. Ainda lembro como um momento muito especial, cresci muito. Eu jogava a Champions Juvenil, que era a mesma do time principal, então as viagens eram todas juntas. Era incrível.

Por fim, o defensor falou sobre a emoção de conquistar uma Libertadores, descrevendo o título da competição como um sonho de criança.

– É um orgulho muito grande. Já ganhamos a Libertadores, algo que todos sonham desde pequeno, imagina para mim. No Chile é muito difícil, e vim para um time muito grande, não só do Brasil, mas da América do Sul. E vamos por mais uma.

Kuscevic chegou ao Palmeiras em 2020. Na equipe, conquistou a Copa do Brasil e a Libertadores.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos