Kudela volta a ser convocado pela República Tcheca após sanção por racismo

·1 minuto de leitura
O zagueiro da República Tcheca Ondrej Kudela (à dir.) perdeu a Euro-2020 devido a uma suspensão de 10 partidas da Uefa por insultos raciais ao meia do Rangers e da Finlândia, Glen Kamara

Ondrej Kudela foi convocado nesta terça-feira pela seleção da República Tcheca para enfrentar a Bélgica em partida das eliminatórias europeias para a Copa do Mundo de 2022, em setembro, após cumprir uma suspensão de 10 jogos por racismo.

A Uefa suspendeu o zagueiro do Slavia Praga das competições internacionais em abril passado, após um insulto racista que proferiu contra o volante do Rangers, Glen Kamara, durante um jogo da Liga Europa, um mês antes. Isso o impediu de disputar a Eurocopa, torneio em que a República Tcheca chegou às quartas de final.

"Claro que estamos felizes por poder voltar a contar com um jogador como ele", disse o técnico Jaroslav Silhavy.

Os tchecos receberão a Bielorrússia em 2 de setembro, antes de enfrentar a Bélgica, líder do Grupo E, três dias depois.

frj/dmc/lve/av/iga/aam

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos