Kroos lembra 'porre' histórico de tequila após derrota do Bayern na Liga dos Campeões

Goal.com

Toni Kroos, gente como a gente? Em 2012, depois da derrota nos pênaltis do Bayern de Munique para o Chelsea na final da Liga dos Campeões, quando o meia ainda defendia o clube bávaro, o próprio afirmou, em um podcast, que "bebeu até cair".

O Bayern chegou para aquela final muito favorito diante dos Blues de Roberto di Matteo, que passavam longe de encantar e só haviam se classificado para a final depois de uma retranca histórica contra o Barcelona nas semifinais

No duelo, disputado na Allianz Arena, casa do Bayern de Munique, os alemães tiveram 35 finalizações, contra apenas nove do Chelsea, além de grande vantagem em escanteios, em chutes ao alvo e na posse de bola. O placar, no entanto, terminou empatado por 1 a 1 e o classificado foi decidido nos pênaltis, com vitória dos ingleses.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Inconsolável, o jovem Toni Kroos, na época com 22 anos, resolveu afogar as mágoas na bebida.

Toni Kroos, FC Bayern Munich vs Borussia Dortmund, 04122014
Toni Kroos, FC Bayern Munich vs Borussia Dortmund, 04122014

"A frustração era imensa, nós acabamos bebendo, bebendo, bebendo. Ficamos perto de ter que chamar um médico." revelou Felix Kroos, irmão do astro do Real Madrid e jogador do Union Berlin. "Não chamamos o médico pois Jessica [esposa de Toni Kroos] falou: 'imagina se descobrem que nós tivemos uma emergência de tanto beber. No final, eu chamei sozinho, porque não tinha como piorar."

E não foi a única vez que os irmãos decidiram beber até cair por causa de frustrações no esporte. Mais espeficamente, com tequila.

"Nós estávamos tristes, resolvemos beber tequila porque era a única coisa que descia bem." contou Toni Kroos de sua noite de bebedeira com o irmão e com Stefan Reinartz, ex-zagueiro do Bayer Leverkusen. "Acordei muito mal no dia seguinte e falei: 'beber álcool faz muito mal.' Eu nunca mais consegui beber tequila de novo, não sinto falta daquela época."

Leia também