"Klopp me xingou no Mundial, então o xinguei de volta" - a revelação de Antonio Mohamed

Argentino que comanda o Monterrey, do México, conta que teve um problema com Jürgen Klopp na semifinal do Mundial de Clubes
Argentino que comanda o Monterrey, do México, conta que teve um problema com Jürgen Klopp na semifinal do Mundial de Clubes

Os técnicos Jürgen Klopp e Antonio Mohamed entraram em conflito durante o jogo entre Liverpool e Monterrey, pela semifinal do Mundial de Clubes. Quase 20 dias mais tarde, o treinador do time mexicano falou sobre o caso envolvendo o alemão.

Quer ver jogos ao vivo ou quando quiser? Acesse o DAZN e teste grátis o serviço por um mês!

O argentino concedeu entrevista ao Enganche, de seu país natal, e explicou como ocorrreu o caso.

"Aconteceu que eu o desrespeitei. Ele passou pedindo amarelo porque disse que sempre batíamos em [Mohamed] Salah e quando pedi um cartão para expulsar um jogador deles, ele esticou a língua e zombou de mim como se fosse um bicho. Quando o vi, ri primeiro, depois o mordi um pouco e depois o pessoal saiu e perdi toda a elegância e compostura", declarou.

"Se tenho que lhe contar o que disse ou lembro, porque pensei, se estou fodendo em inglês, não sou eu mesmo. Então, parece-me que eu sobre a b... da sua mãe, que foi uma p... de verdade. Eu saí depois disso, porque nunca mexo com os bancos de reservas, mas fiquei louco porque senti que tentava sair. Não sei se reagi bem ou mal, mas veio de dentro", acrescentou.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também