Klopp: "Nós não temos medo de perder"

Já estamos no segundo turno da Premier League e o Liverpool ainda detém uma marca impressionante: os Reds não sabem o que é perder na competição.

Mesmo tendo dois jogos a menos que o segundo colocado Leicester (o clube teve uma partida adiada por causa do Mundial de Clubes e na data desta postagem ainda não atuou na 21ª rodada da competição), o Liverpool está dez pontos à frente do time que, pelo menos hoje, é sua principal ameaça ao título.

Com 96,5% de aproveitamento, a conquista inédita da Premier League parece questão de tempo. E é inevitável que as comparações comecem a ser feitas: o Liverpool conseguirá repetir o feito do Arsenal de Arsène Wenger em 2003-04 e terminará a competição de maneira invicta?

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Por muito tempo, o Arsenal daquela temporada foi o único time que conseguiu terminar a Premier League de forma invicta - agora, o Liverpool de Jurgen Klopp parece uma ameaça real a este recorde.

Arsenal 2004
Arsenal 2004

É claro, ainda temos um turno a ser jogado, e o Liverpool tem outras competições à jogar. No entanto, o sonho de finalmente sair da fila (os Reds não vencem o Campeonato Inglês desde 1989/90) parece muito próximo: Pep Guardiola, treinador do Manchester City, já deu declarações de que pode focar mais na Liga dos Campeões e o Leicester não parece ter bala na agulha para alcançar a equipe de Klopp. Assim, o próximo desafio do clube é justamente terminar invicto.

E para isso, o Liverpool tem uma arma importante: a consistência.

Diferentemente de outras temporadas (deste mesmo elenco), a equipe de hoje não sofre tanto: pode até tomar um gol aqui e acolá, mas domina o jogo, não sofre panes e dá a impressão que pode "ganhar a qualquer momento".

Firmino Salah Mane Liverpool 23 10 2019
Firmino Salah Mane Liverpool 23 10 2019

Segundo Klopp, quando perguntado sobre as comparações com o Arsenal: "Nós não temos medo de perder. Sabemos que é possível, mas é o que é: você ganha, empata, ou perde. Eu me preocupo com várias outras coisas. Eu não tenho certeza o que Wenger pensava antes do jogo, se ele já sabia que iriam vencer antes de entrar em campo. Não é meu caso."

Com 90 pontos naquele ano, o Arsenal foi fantástico, sim (uma das maiores equipes da história). O Liverpool? Pode chegar ainda mais longe. Se continuar neste mesmo ritmo, alcançaria a marca impressionante de 110 pontos. Um recorde histórico.

O único empate dos Reds até agora na Premier League foi contra o rival Manchester United, no finalzinho do jogo. Sim, tropeços são inevitáveis. Porém, antes de cada jogo, nunca parece realista imaginar que o Liverpool vai perder. Ele não te dá esta chance.

O próximo desafio do Liverpool na Premier League acontece nesta quinta-feira, às 17h (de Brasília), contra o Sheffield United, em Anfield

Leia também