Kléber Gladiador comenta momento do Palmeiras: 'Parece que alguns jogadores estão acomodados'

·2 minuto de leitura


O ex-atacante Kleber Gladiador, que teve duas passagens pelo Palmeiras (2008 e 2010-2011), comentou sobre o mau momento pelo qual o clube tem passado em entrevista ao programa Mesa Redonda, da TV Gazeta. Para o ex-jogador, a explicação para a fase negativa pode ter a ver com uma possível acomodação de alguns jogadores.

- Eu acho que o Palmeiras está passando por alguma reformulação. Precisa mudar um pouquinho. Veio de bons anos ganhando títulos. Acredito que, às vezes, alguns grupos precisam ter algumas modificações para seguir ganhando os campeonatos. Eu acho que parece que alguns jogadores estão um pouco acomodados, pelos títulos anteriores, pela história que têm no Palmeiras - explicou.

O Verdão não vence há quatro partidas no Brasileirão e, além de perder a liderança, foi ultrapassado pelo Flamengo nas últimas rodadas. Apesar de estar na final da Libertadores, o time vive um momento de instabilidade, não apenas em relação aos resultados, mas também às atuações.

Kléber pondera que o desempenho do Palmeiras em campo está aquém do que a equipe apresentava na última temporada. Dado que a equipe muito semelhante à do ano passado, ele entende que os motivos para a queda de rendimento estão relacionados à disposição dos atletas.

- O que eu tenho acompanhado nos jogos há um bom tempo é que o Palmeiras não tem jogado aquele futebol que a gente acostumou a ver no ano passado. O elenco é praticamente o mesmo. Então, é difícil ter uma explicação para essa mudança tão brusca de rendimento dos jogadores. Eu acredito que pode ser isso (acomodação), mas quem sabe realmente é quem está lá no dia a dia - afirmou o ex-jogador.

Em busca de um recuperação no Brasileirão, o Alviverde vai a campo neste domingo (17), às 16 horas (de Brasília) contra o Internacional, no Allianz Parque.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos