Kléber admite pressão, mas espera aproveitar bem semana antes da semifinal

O Coritiba saiu atrás na disputa por uma vaga nas finais do Campeonato Paranaense 2017 ao perder fora de casa para o Cianorte, por 1 a 0. Depois de duas goleadas para cima do Cascavel, a expectativa de mais uma boa atuação foi frustrada. O atacante Kléber, que ficou de fora por suspensão, alerta que o pensamento de encontrar facilidade não pode existir, mesmo depois de bons resultado, já que apesar de menor expressão, o Leão do Vale tem suas qualidades.

“No futebol, mudou muita coisa e uma coisa que conta muito é ter base. Eles já vêm jogando há muito tempo juntos. Então, eu, particularmente, acho muito difícil mudar muito toda hora e desde que eu cheguei no Coritiba”, afirmou o jogador, destacando este como principal motivo para um início de temporada irregular. “Toda vez que acontece isso, fica difícil de encaixar. No Coritiba, acontece sempre isso. Este ano mesmo, a gente está trocando constantemente de jogador, de elenco, de treinador”, pontuou.

O Gladiador admite que a pressão está toda sobre o Alviverde, especialmente porque esta é a última chance de conquista de título no primeiro semestre. “A pressão é toda nossa. Óbvio que o torcedor e a imprensa entenderiam como um vexame, mas eu não usaria essa palavra. Lógico que você perder por time de menos expressão, vão falar isso. Acho que vai ser ruim, para a gente, porque estamos fora da Copa do Brasil e não disputa a Sul-Americana”, lembrou.

Mesmo com todas as dificuldades, porém, Kléber garante que confia no elenco, que só precisa de tranquilidade para desenvolver seu trabalho durante essa semana antes da volta, no Couto Pereira. “A gente tem um grupo qualificado. A gente enfrenta um pouco de dificuldade desde o começo do campeonato e precisa melhorar. Precisa ter uma semana bastante produtiva para acertar os erros. Precisa ter uma semana produtiva para conseguir encaixar nosso ataque para fazer os gols”, finalizou.