Kimmich opera joelho e vai ficar afastado até janeiro

·1 minuto de leitura
O meia alemão Joshua Kimmich deixou o campo machucado na vitória do Bayern de Munique por 3 a 2 sobre o Borussia Dortmund no sábado
O meia alemão Joshua Kimmich deixou o campo machucado na vitória do Bayern de Munique por 3 a 2 sobre o Borussia Dortmund no sábado

O jogador da seleção alemã e do Bayern de Munique, Joshua Kimmich, foi submetido a uma cirurgia no menisco externo do joelho direito, após se machucar no sábado, contra o Borussia Dortmund, e vai ficar afastado até janeiro, anunciou o clube alemão neste domingo. 

Kimmich, de 25 anos, "fez uma operação bem-sucedida no menisco externo direito neste domingo", informou o Bayern. 

"O departamento médico parte do princípio de que ele só estará disponível em janeiro", acrescentou. 

Devido a esta operação, ele não poderá se juntar na segunda-feira à seleção alemã, que fará um amistoso contra a República Tcheca na quarta-feira, antes de dois jogos da Liga das Nações, contra Ucrânia e Espanha, sábado e terça-feira.

Kimmich, um jogador-chave no meio-campo do atual campeão europeu, deixou o campo em lágrimas no sábado aos 36 minutos depois de se machucar em choque com o norueguês Erling Haaland no 'Klassiker' em que o Bayern venceu o Borussia Dortmund por 3 a 2. 

Ele saiu de campo em pé, mas com a ajuda de dois membros da equipe médica do campeão alemão. 

"Ele é o nosso jogador-chave e sua posição (meio-defensivo) e a sua ausência serão muito difíceis de compensar", disse o seu treinador Hansi Flick logo após a partida. 

Se não jogar até a tradicional trégua de Natal no futebol alemão, ele vai perder seis jogos da Bundesliga e os três últimos da fase de grupos da Champions.

cpb/pm/iga/aam