Kim Clijsters anuncia volta às quadras para março no México

AFP
(Arquivo) Kim Clijsters venceu US Opens, incluindo 2010, e está fazendo seu último retorno nas Américas
(Arquivo) Kim Clijsters venceu US Opens, incluindo 2010, e está fazendo seu último retorno nas Américas

A belga Kim Clijsters, três vezes campeã do US Open e que se aposentou do tênis em 2012, revelou nesta segunda-feira que voltará a jogar em 2020, mais precisamente em março no México.

"Mais algumas semanas de paciência e estarei pronta para entrar em quadra", afirmou Clijsters em um vídeo publicado nas redes sociais, mais de três meses depois de anunciar que pretendia voltar a jogar.

A ex-número 1 do mundo citou os torneios de Monterrey (2-8 de março), Indian Wells (11-22 de março) e Charleston (4-12 de abril), dando a entender que estes três eventos serão os primeiros em seu calendário.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

"Estou ansiosa para jogar meu primeiro torneio. O treino durou bastante", explicou a belga de 36 anos.

Clijsters tinha previsto inicialmente voltar a competir no Aberto da Austrália, em janeiro, um Grand Slam que conquistou em 2011, mas uma lesão no joelho durante um treino obrigou a tenista a adiar os planos.

A belga havia pendurado a raquete uma primeira vez em maio de 2007, antes de voltar a jogar em agosto de 2009 após dar à luz seu primeiro filho.

Clijsters ostenta 41 títulos em seu currículo, entre eles quatro Grand Slams, três US Open (2005, 2009 e 2010) e o Aberto da Austrália.

Profissional desde 1997, alcançou o topo do ranking mundial pela primeira vez em 2003. No total, ocupou o primeiro lugar do ranking durante 20 semanas.

Leia também