Desfalcado, Botafogo visita Atlético Nacional em busca da liderança

Bogotá, 12 abr (EFE).- Após a classificação para a final da Taça Rio do Campeonato Carioca no último domingo, o Botafogo volta a focar na Libertadores, pela qual visitará nesta quarta-feira o atual campeão, Atlético Nacional, em busca da liderança do grupo 1 do torneio continental.

A equipe carioca, que chega a Medellín depois de vencer o clássico contra o Fluminense por 3 a 1 com um time misto, ocupa atualmente segunda posição do grupo, com três pontos. Com um jogo a mais, o Barcelona de Guayaquil lidera a tabela com seis pontos. Ainda sem pontuar, o Atlético Nacional é o terceiro colocado.

O jogo no estádio Atanasio Girardot contará com duas equipes desfalcadas. O Botafogo desembarcou na Colômbia sem o volante Aírton e o meia Walter Montillo, ambos lesionados, e com possíveis desfalques de última hora no elenco.

A lateral direita deve ser ocupada por algum jogador improvisado, provavelmente o volante Fernandes, já que o titular Luis Ricardo está no departamento médico desde o ano passado e o jovem Marcinho rompeu o ligamento cruzado do joelho direito recentemente.

O zagueiro Joel Carli, que se recupera de uma fissura no pé direito, e o atacante Sassá, que machucou o ombro direito, são dúvidas e podem começar no banco.

É provável que o técnico Jair Ventura escale Igor Rabelo e Emerson Santos como dupla de zaga, um meio composto por três volantes - Rodrigo Lindoso, Bruno Silva, João Paulo - e Camilo na ligação. No ataque, Rodrigo Pimpão deverá ter a companhia de Roger, caso Sassá não esteja em condições.

Do lado do Atlético Nacional, o técnico Reinaldo Rueda não poderá contar com o zagueiro Felipe Aguilar, lesionado, nem com o volante Mateus Uribe, suspenso por três jogos após ser expulso na terrota por 2 a 1 para o Barcelona de Guayaquil.

A situação da equipe colombiana pode ficar ainda pior caso o goleiro argentino Franco Armani, peça fundamental da equipe, não consiga se recuperar das dores no cotovelo direito.

Considerado o melhor time do mundo em 2016 pela Federação Internacional de História e Estatística de Futebol (IFFHS), o Atlético Nacional ainda não conseguiu repetir o bom desempenho neste ano em partidas internacionais.

Além da derrota na primeira rodada da fase de grupos da Libertadores, a equipe colombiana perdeu por 2 a 1 para a Chapecoense na ida da Recopa Sul-Americana.


Prováveis escalações:.

Atlético Nacional: Armani; Bocanegra, Nájera, Henríquez e Díaz; Arias, Bernal, Ibargüen e Macnelly Torres; Ruiz e Dayro Moreno. Técnico: Reinaldo Rueda.

Botafogo: Gatito Fernández; Fernandes, Igor Rabello (Joel Carli), Émerson Santos e Víctor Luis; Rodrigo Lindoso, Bruno Silva, João Paulo e Camilo; Rodrigo Pimpão e Roger (Sassá). Técnico: Jair Ventura.

Juiz: Ulises Mereles (Paraguai), auxiliado pelos compatriotas Rodney Aquino e Carlos Cáceres.

Estádio: Atanasio Girardot, em Medellín (Colômbia). EFE