Kelvin Gastelum afasta favoritismo e elogia Darren Till: “Mais perigoso do que pensam”

AgFight

O americano tenta se recuperar do revés sofrido para Israel Adesanya – Jon Roberts/ Ag Fight

Depois de bastante especulação, Darren Till finalmente deixou os meio-médios (77 kg) e subiu de categoria. E logo em sua estreia entre os pesos-médios (84 kg), o inglês terá pela frente um dos melhores atletas da divisão: Kelvin Gastelum. O casamento rígido, somado ao mal momento que o ‘Gorilla’ vive na carreira, fizeram com que os fãs apontassem o americano como favorito para o combate, agendado para o dia 2 de novembro, em Nova York (EUA).

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Mas apesar da opinião pública apontar uma vantagem a favor de Kelvin, o pórpio atleta da ‘Kings MMA’ busca não subestimar seu adversário. Durante entrevista com membros da imprensa no UFC 242, em Abu Dhabi, Gastelum exaltou as credenciais de Darren Till e projetou seu caminho rumo ao topo novamente após um possível triunfo sobre o rival inglês.

“Entendo que todos gostaram da luta (casamento), mas todos ficam dizendo: ‘você vai acabar com ele’. Mas o Till é mais perigoso do que as pessoas pensam. Ele vem de duas derrotas. Um ano atrás, todos estavam de olho nele, e agora estão tipo: ‘Oh, ele não é nada’. Ele é um ótimo lutador. É fácil ler esses comentários, porque às vezes eu olho mesmo: ‘Ah, o Gastelum vence, Ele vai nocautear, vai fazer isso e aquilo. Gastelum, 100%’. E fico tipo: ‘É, acho que eles estão certos’. Mas ao mesmo tempo tenho que saber que ele é um cara perigoso”, ressaltou o lutador, antes de projetar sua retomada no Ultimate.

“Sinto que talvez terei que ter outra vitória sobre alguém, mas ainda sigo na briga pelo título. Tentarei brigar pelo ‘title shot’ ou por uma revanche contra ‘Izzy’ (Israel) depois da minha luta (com Till). Me sinto no bolo ainda. Preciso provar meu ponto diante do Darren Till”, completou Gastelum, de acordo com o site ‘MMA Junkie’.

O card de número 244, em que Till e Kelvin medirão forças, já conta com um ‘main event’. Nate Diaz e Jorge Masvidal, dois dos lutadores mais populares e polêmicos do UFC atualmente, protagonizam um duelo de tirar o fôlego que promete deixar o vencedor ainda mais próximo do cinturão dos meio-médios (77 kg).

Leia também