Kazim lesiona o joelho e para por até quatro semanas no Corinthians

O atacante Kazim ficará de molho por até quatro semanas no Corinthians. Depois de entrar no segundo tempo contra o Luverdense, na quinta-feira, o jogador acabou sofrendo uma contusão no ligamento colateral medial do joelho direito ao dividir uma bola no ataque e passará por tratamento intensivo no CT Joaquim Grava, sem a necessidade de uma intervenção cirúrgica.

O inglês/turco já havia deixado o estádio de Itaquera com uma bolsa de gelo no local e sabia que dificilmente enfrentaria a Ferroviária, neste domingo, em Araraquara. Com a confirmação de um problema mais grave, porém, o centroavante só retornará aos gramados para a disputa dos mata-matas da competição estadual, que começam no mês que vem.

Mesmo com o período razoável de afastamento, porém, Kazim não será cortado da lista de inscritos no Campeonato Paulista, já que retorna antes das datas marcadas para a decisão, apenas em maio. Dessa forma, está praticamente descartada a inscrição de alguém na sua vaga, como ocorreu com o zagueiro Vilson, que deu lugar ao atacante Pedrinho na relação.

Sem Kazim e preocupado em não abusar do preparo físico de Jô, o técnico Fábio Carille deve promover alguma novidade para o duelo do final de semana. Guilherme, utilizado na função no ano passado, aparece como favorito para herdar a vaga. Romero, que também atuou como centroavante em 2016, é outro que pode ser escolhido pelo treinador.

A definição, no entanto, sairá apenas no treino da manhã deste sábado, no CT, o último antes da partida. Como deixou claro anteriormente, Carille pretende utilizar uma equipe mista entre titulares e reservas no embate, dando rodagem a nomes que pouco apareceram até o momento.