Kayla Harrison pretende usar parte do prêmio de R$ 4 milhões do título do PFL em carro antigo

Kayla Harrison pretende usar parte do prêmio de R$ 4 milhões do título do PFL em carro antigo
Kayla Harrison pretende usar parte do prêmio de R$ 4 milhões do título do PFL em carro antigo

Um milhão de dólares (cerca de R$ 4 milhões) pode ajudar a realizar os sonhos de muitas pessoas, até mesmo de quem já não está mais vivo. É o que planeja fazer Kayla Harrison, que conquistou a quantia no dia 31 de dezembro de 2019, ao derrotar Larissa Pacheco e se sagrar campeã do torneio do PFL. Ao site ‘TMZ Sports’, a ex-judoca revelou que pretende usar parte da premiação para comprar um Camaro 69, em homenagem ao seu falecido pai.

Apaixonado pela prática de consertar carros antigos, o pai de Kayla chegou a ter um modelo do Camaro 69. No entanto, de acordo com a lutadora, o patriarca da família vendeu seu automóvel para comprar presentes de Natal para seus filhos. Ao relembrar esse período de sua vida, Harrison declarou que pretende comprar um carro desse modelo para honrar sua memória.

“Meu pai morreu há um tempo e ele costumava adorar consertar potentes carros americanos antigos. Então, o último carro que ele teve, que ele realmente queria consertar quando eu era criança, foi um Camaro 69. Então eu meio que estou pensando em pegar um Camaro”, contou Kayla, antes de completar.

“Eu lembro (do Camaro) quando era criança. Eles estava consertando tudo, e ele na verdade vendeu para comprar para mim, meu irmão e minha irmã quadriciclos de Natal. Então, eu estava tipo: ‘Putz, eu preciso comprar aquele Camaro em sua memória”, concluiu a americana.

No MMA profissional desde junho de 2018, Kayla Harrison segue invicta na modalidade após sete lutas. Antes de se aventurar no Mixed Martial Arts, a ex-judoca conquistou o bicampeonato olímpico ao garantir medalhas de ouro nas Olimpíadas de Londres, em 2012, e do Rio, em 2016.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também