Kauê e mais: saiba os destaques do time sub-20 do Botafogo, que estreia no Carioca contra o Flamengo

·3 minuto de leitura


O calendário das categorias de base, aos poucos, vai enchendo. Finalista do Campeonato Carioca sub-20 do ano passado, o Botafogo inicia a trajetória na competição neste sábado: a equipe comandada por Ricardo Resende enfrenta o Flamengo, às 9h, na Gávea.

Diferentemente do rival, o Botafogo chega para o Estadual já com ritmo de jogo: a equipe está classificada para as quartas de final da Copa do Brasil sub-20 para enfrentar o Floresta-CE. O Alvinegro deixou Castelo-TO e São José-RS para trás nas fases anteriores.

+ Começo difícil! Veja as primeiras partidas do Botafogo no Brasileirão

– Estamos muito preparados e motivados para o jogo contra o Flamengo. É um clássico e é sempre bom atuar nestas partidas. Fizemos bons jogos amistosos e já realizamos três jogos da Copa do Brasil, o que nos traz confiança para começar bem o Carioca - afirmou Ricardo Resende, técnico do Botafogo, ao site oficial do clube.

A primeira partida das quartas da Copa do Brasil será na próxima terça-feira, em Fortaleza. Apesar do calendário apertado, o Botafogo vai com força máxima para enfrentar o Flamengo.

ESPERANÇA EM KAUÊ
No Botafogo desde o meio do ano passado, Ricardo Resende tem um histórico favorável a seu favor: 13 vitórias, cinco empates e quatro derrotas, o que dá 66,6% de aproveitamento. A equipe chega com um estilo de passes rápidos, pressão em bloco alto/médio e ultrapassagens em espaços vazios.

O destaque da equipe ainda poderia estar no sub-17. Kauê, de 16 anos, assinou um contrato profissional com o Botafogo no fim do ano passado. O volante, inclusive, treina frequentemente com o time principal, comandado por Marcelo Chamusca, mas nunca foi relacionado. Ele é da mesma geração de Matheus Nascimento, já na equipe profissional.

Kauê - Botafogo
Kauê - Botafogo

Kauê em ação pelo Botafogo (Foto: Vítor Silva/Botafogo)

O plano do Alvinegro, por agora, é que Kauê fique no sub-20 para ganhar massa muscular e jogue com atletas que já são de uma idade mais avançada que a dele. O jogador é monitorado pelo time principal e, nas semanas livres da base, faz aparições nas atividades do profissional.

Com Marcelo Chamusca, Kauê tem liberdade para pisar no ataque e ocupar espaços no meio-campo. Ele, inclusive, deu uma assistência para Gabriel Conceição na vitória sobre o São José, pela Copa do Brasil, antes de sair machucado por conta de um corte na cabeça. Recuperado, está liberado para enfrentar o Flamengo.

+ Capitão do Botafogo sub-17, João Lucas fala em admiração por Igor Rabello: 'Sou fã do futebol dele'

Outros destaques:

​Jhonnatha (atacante)
: também é da geração de Matheus Nascimento e já possui um contrato profissional com o Alvinegro. Canhoto, atual preferencialmente na ponta direita no sistema ofensivo da equipe. Se destaca pelos dribles curtos e velocidade.

​Juninho (meia): atua em praticamente todas as posições do meio para frente, com exceção de atacante de referência. Tem três gols em três partidas na Copa do Brasil da temporada e é o capitão da equipe.

​Henrique Luro (zagueiro): é um dos destaques do Botafogo na Copa do Brasil de 2021. Se destaca pelos duelos e cobertura pelo alto.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos