Kashiwa supera Corinthians, formaliza proposta em dinheiro e contrata Pedro Raul, do Botafogo

Sergio Santana
·1 minuto de leitura


Voltas e reviravoltas. O destino de Pedro Raul realmente será o futebol do exterior. Após ter a primeira proposta recusada e mesmo sem ser a opção de prioridade do jogador, o atacante está a caminho do Kashiwa Reysol, do Japão, que fez uma proposta em torno de R$ 10,7 milhões ao Botafogo, que aceitou os valores.

Desta forma, o clube de General Severiano conseguirá "se livrar" da dívida com o jogador. Durante a assinatura, ficou acordado que Pedro Raul receberia 1,5 milhão de euros (R$ 9 milhões, na cotação atual) se participasse de 60% das partidas do Alvinegro como titular. O atacante bateu a meta, mas a diretoria não tinha como arcar com o valor - por isto, uma venda era inevitável.

Nos últimos dias, o Corinthians bateu à porta do Botafogo mostrando um interesse formal em Pedro Raul. Como a situação financeira do clube paulista também não é das melhores, o atacante teria que abrir mão de parte desta bonificação para mudar de time. Mesmo que a primeira opção do atleta fosse permanecer no Brasil, a parte financeira pesou.

O Botafogo, por sua vez, ainda conseguirá, mesmo pagando o valor da dívida com Pedro Raul, lucrar com a negociação. O atacante não vestirá mais a camisa preta e branca e se apresentará ao Kashiwa Reysol ainda neste mês.

Pedro Raul se despede do Botafogo com 12 gols em 39 jogos, sendo o artilheiro da equipe na atual temporada. Ele chegou ao clube após se destacar na Série B de 2019 pelo Atlético-GO.