Kalou revela detalhes sobre a saída de Honda do Botafogo: 'Estava farto e frustrado com toda a situação'

LANCE!
·1 minuto de leitura


A precoce saída de Keisuke Honda do Botafogo foi apenas um dos capítulos de uma conturbada temporada que terminou no terceiro rebaixamento da história do clube. O japonês, que chegou como uma das contratações mais comemoradas do ano, deixou a instituição com polêmicas nas costas.

Salomon Kalou, outro jogador de calibre mundial que também atraiu a atenção dos torcedores do Botafogo, falou sobre a saída de Honda em entrevista à "BBC". O marfinense afirmou que o meio-campista estava cansado com toda a situação do clube.

+ Kalou admite desempenho abaixo no Botafogo e lamenta: 'Quando Autuori saiu as coisas ficaram difíceis'

- Tem que lembrar que Honda tem 34 anos e eu 35, então não somos o tipo de jogador que vai pegar a bola, driblar todo mundo e fazer o gol. Somos dependentes de uma boa equipe nessa ideia. O Honda deixou o projeto porque estava farto e frustrado com toda a situação - afirmou.

O camisa 8 também fez uma análise sobre o futebol no Brasil. Com uma passagem para ser esquecida pelo Botafogo, Kalou afirmou que o jogo no país é menos tático do que na Europa.

- Nós éramos os jogadores mais experientes em um ambiente completamente novo. Tem a barreira da língua e a maneira como se joga futebol no Brasil é diferente. É muito individual, você precisa fazer a diferença. Às vezes, você precisa de muita força física e habilidade em situações de um contra um, é bem menos tático.