Kaio Jorge revela ansiedade antes de primeiro gol pelo Santos

Fábio Lázaro
LANCE!


Kaio Jorge é o personagem da semana no Santos. Autor do gol da vitória por 2 a 1 contra o Defensa y Justicia, na Argentina, pela estreia do Peixe pela Libertadores (o seu primeiro como profissional), o atacante comentou sobre a dificuldade para desencantar. Nos profissionais do Peixe desde 2019, o atleta ficou marcado desperdiçar uma das cobranças na disputa por pênaltis contra o Corinthians, na eliminação santista na semifinal do Campeonato Paulista do ano passado. A família foi muito importante para essa ‘virada’ pessoal do jogador.

- Eu ficava ansioso, porque todo atacante quer fazer gol. Claro que teve um pouco de nervosismo, chutava a bola de qualquer lugar, mas graças a Deus o gol saiu. Miha família está muito feliz. Estavam todos tristes desde quando perdi o pênalti contra o Corinthians, mas pude dar esse presente e isso não tem preço – disse.

Sob o comando de Jesualdo Ferreira, o sistema ofensivo tem ganho uma movimentação diferente da usual, com os três homens da frente movimentando-se por todos os lados do ataque. O jogador citou dificuldade na adaptação a função, mas a importância da ajuda coletiva entre os atacantes para marcar os gols que não saiam a três partidas.

- Quem joga de centroavante vai para a ponta de uma hora para outra sente diferença. A gente está procurando se ajudar, porque estávamos preocupados com os resultados, mas as vitórias estão aparecendo – afirmou.

Kaio disputa vaga com Yuri Alberto no time titular do Santos. O elenco terá dois dias de atividades, quinta e sexta, antes de enfrentar o Mirassol, neste sábado, às 19h30, pela nona rodada do Campeonato Paulista, na Vila Belmiro. Das próximas cinco partidas, em quatro o Alvinegro será mandante.




Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também