Juventus x Barcelona - declarações dos técnicos

Jogadores na partida Juventus vs Barcelona, no dia 11 de abril de 2017

Depois da derrota do Barcelona por 3 a 0 contra a Juventus, nesta terça-feira, pela partida de ida das quartas de final da Liga dos Campeões, o técnico Luis Enrique revelou que "reviveu um pesadelo".

"Revivi um pesadelo. Hoje é mais difícil acreditar numa virada. Tanto faz se eu ache justo o resultado ou não. O primeiro tempo foi desastroso. Foi como um terceiro tempo em Paris, que é uma coisa grave, muito grave. analisou Luis Enrique após o jogo.

O técnico do Barcelona lembrou das oitavas de final, quando o PSG venceu por 4 a 0 o jogo de ida e o Barcelona remontou a eliminatória vencendo o jogo de volta por 6 a 1.

A Juventus atropelou o Barça graças a atuação do argentino Paulo Dybala, que marcou duas vezes. Giorgio Chiellini, fez o terceiro completando cobrança de escanteio.

"Sensação lamentável como treinador e difícil de explicar. Nosso posicionamento foi terrível, não consegui transmitir direito e sou 101% responsável. No segundo tempo nós melhoramos, mas o rival pensou em deixar a bola com a gente", continuou o treinador.

"Criamos chances claras, mas em dias de pesadelo como esse não tivemos a faísca para incendiar a eliminatória. Agora não tenho nem vontade de pensar, mas amanhã será o momento de me levantar outra vez e pensar que precisamos fazer três gols para empatar a eliminatória e quatro para vencer", acrescentou.

- "Dybala fez um grande jogo" -

O técnico Massimiliano Allegri também se manifestou após a vitória da Juve.

"Faltam 45 dias para o fim da temporada, não estamos na semifinal da Liga dos Campeões, nem ganhamos o campeonato. O resultado aumenta nossa confiança em nós mesmos. Hoje estamos contentes que vamos descansar mais tranquilos".

"Fizemos um belo jogo, a torcida está encantada em vencer por 3 a 0. Mas o Barça pode vencer qualquer um no seu estádio. Quando Luis Enrique diz que podem fazer quatro, é porque eles já fizeram 6 no PSG.", acrescentou Allegri.

O treinador italiano gostou da atuação dos jogadores, mas pede respeito ao rival para a partida de volta.

"Temos que estar felizes pelo que fizemos e permanecer tranquilos. Ainda não conseguimos nada", finalizando a entrevista coletiva rasgando elogios: "Dybala fez um grande jogo, junto com toda equipe, que cumpriu o que nós treinamos".