Juventus é punida pela Federação Italiana de Futebol e perde 15 pontos no campeonato

Juventus sofre punição da Figc (Foto: Alberto Pizzoli / AFP)


A Juventus será punida com a perda de 15 pontos no Campeonato Italiano por conta das novas informações sobre escândalos financeiros envolvendo irregularidades em transferências de atletas. A decisão foi tomada pelo Ministério Público nesta sexta-feira e atendida pela Federação Italiana de Futebol (Figc).

A punição é superior a que foi solicitada anteriormente pela Procuradoria, que havia pedido uma dedução de nove pontos. Os dirigentes citados no escândalo também foram punidos e foram suspensos de exercer atividades no futebol pelo tempo determinado pelo MP italiano, dentre eles o ex-presidente da Juventus, Andrea Agnelli, e o ex-VP do clube, Pavel Nedved.

- O Tribunal Federal de Recursos presidido por Mario Luigi Torsello deu provimento parcial ao recurso do Ministério Público Federal sobre a revogação parcial da decisão do Tribunal Federal de Recursos às Seções Unidas n. 89 de 27 de maio passado, sancionando a Juventus com 15 pontos de penalidade a serem cumpridos na atual temporada futebolística e com uma série de inibições para 11 executivos da Juventus (30 meses para Paratici, 24 meses para Agnelli e Arrivabene, 16 meses para Cherubini, 8 meses para Nedved, Garimberti, Vellano, Venier, Hughes, Marilungo e Roncaglio) - declarou a Figc em nota oficial.

+ Veja a tabela do Campeonato Italiano 2022/23

Com a punição aplicada, a Juventus cai da terceira para a 10ª posição na tabela do Campeonato Italiano 2022/23, ficando com apenas 22 pontos ao invés dos 37 que possui atualmente. O clube ainda pode recorrer da decisão.