Juventude, com gol de Matheus Peixoto, vence a Chapecoense no Brasileirão

·3 minuto de leitura


Jogando em casa diante da Chapecoense nesta segunda-feira (26), o Juventude teve poucas chances claras de marcar, mas soube aproveitar uma delas com o atacante Matheus Peixoto (artilheiro do torneio ao lado de Gilberto com sete tentos) e venceu por 1 a 0 compromisso válido pela 13ª Rodada do Campeonato Brasileiro.

Enquanto o Papo foi a 16 pontos ocupando a 12ª colocação, a Chape segue no calvário de não ter vencido até aqui no retorno a Série A, relegada a lanterna da competição com quatro pontos conquistados em 39 disputados.

>Aplicativo de resultados do LANCE! está disponível na versão iOS

TOCA NO PEIXOTO QUE É GOL!

Mal o jogo tinha começado e o Ju conseguiu, na primeira chegada mais aguda, inaugurar a contagem no Jaconi. Logo com três minutos, um lance armado pelo lado direito do ataque envolveu o sistema defensivo da Chape onde o lateral Paulo Henrique cruzou e o centroavante Matheus Peixoto antecipou seu marcador tocando de cabeça no canto oposto de João Paulo.

DOMÍNIO ANFITRIÃO

Mesmo tendo por menos tempo a bola nos pés, o Juventude era mais competente tanto na recomposição defensiva para fechar os espaços como também na hora de sair em disparada ao plano ofensivo onde os lados de campo eram bastante explorados. Entretanto, faltou maior precisão na hora de finalizar já que a única que efetivamente rendeu novo trabalho ao goleiro da Chape foi a batida forte de Wescley, já nos acréscimos, onde o arqueiro saltou bem no seu canto direito.

Já na reta final da primeira etapa, a Chapecoense ensaiou uma recuperação quando conseguiu sua primeira finalização na partida onde Felipe Baxola forçou o goleiro Marcelo Carné a cair bem no chute rasteiro para espalmar em direção a linha lateral. Porém, depois disso, não conseguiu armar nada de perigo até o apito de Léo Simão Holanda que decretou o intervalo.

JOGO DIFERENTE, RESULTADO IGUAL

Voltando com mais uma peça ofensiva através da entrada de Fernandinho na vaga de Moisés Ribeiro, o time catarinense exerceu um interessante domínio nos primeiros minutos do segundo tempo onde obteve duas finalizações na direção do gol com Perotti e Anderson Leite, mais do que tinha conseguido em toda a etapa inicial.

Sem conseguir demonstrar algum tipo de "antídoto" para a posse de bola e o exercício do volume de jogo que demonstrava a Chape, o time Jaconero tratou de retrair suas linhas.

Com exceção da chance onde o tento de Bruninho foi anulado por toque na mão de Chico, o Ju praticamente só fazia evitar com que o adversário tivesse espaço para finalizar. Estratégia essa que, se não era vistosa, foi eficiente em segurar o resultado positivo até o fim do confronto em Caxias do Sul.

FICHA TÉCNICA DA PARTIDA
​JUVENTUDE x CHAPECOENSE

Local:
Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS)
Data e hora: 26/07/2021 - 18h (de Brasília)
​Árbitro: Léo Simão Holanda (CE)
Assistentes: Nailton Junior de Sousa Oliveira e Cleberson do Nascimento Leite (ambos CE)
VAR: Igor Junio Benevenuto de Oliveira (MG)
Cartões amarelos: Jadson, Matheus Jesus, Marcelo Carné, Capixaba, Vitor Mendes (JUV); Derlan (CHA)
Cartões vermelhos:

GOLS: Matheus Peixoto (3'/1°T) (1-0)

JUVENTUDE (Técnico: Eduardo Barros)

Marcelo Carné; Paulo Henrique, Vitor Mendes, Didi e William Matheus; Jadson, Matheus Jesus (Capixaba, aos 12'/2°T), Dahwan (Bruninho, aos 34'/2°T) e Wescley (Chico, aos 41'/2°T); Sorriso (Cleberson, aos 34'/2°T) e Matheus Peixoto.

CHAPECOENSE (Técnico: Jair Ventura)

João Paulo; Matheus Ribeiro, Ignácio, Derlan (Fabinho, aos 36'/2°T) e Busanello; Moisés Ribeiro (Fernandinho, no intervalo), Léo Gomes (Foguinho, aos 29'/2°T), Anderson Leite e Felipe Baxola (Lima, aos 29'/2°T); Geuvânio e Perotti.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos