Juventude adota cautela para a escolha de seu novo treinador

Futebol Latino
LANCE!


Com o futebol gaúcho paralisado em decorrência da pandemia do coronavírus, o Juventude parece já trabalhar com a hipótese de que o estadual sequer retornará as atividades e que a sua busca por treinador já seria planejando a disputa da Série B do Campeonato Brasileiro.

Após a demissão de Marquinhos Santos na última segunda-feira (16), o diretor geral do Papo, Osvaldo Pioner, disse em entrevista que a ideia é fazer uma análise cautelosa, porém com a convicção de que não haveria "espaço para erros" mediante a necessidade da definição de um novo comandante:

- Pelo que sabemos nos bastidores, o Gauchão deve ser cancelado e a Série B vai começar em maio, então não precisamos ter pressa. Desde ontem temos recebido inúmeras ofertas de empresários e são quase 20 nomes na mesa para análise. Vamos ouvir todos, filtrar e analisar com calma. Não podemos errar.

Segundo informação do portal Pioneiro, três nomes chegaram a ser oferecidos para ocuparem o cargo de técnico do Alviverde, todos eles conhecidos do grande público.

Dentre os que estão sem emprego, Gilson Kleina e Maurício Barbieri teriam sido oferecidos e até mesmo o nome de Paulo Roberto Santos, treinador do Santo André que faz a melhor campanha até então do Paulistão, teria sido cogitado pelos lados de Caxias do Sul.








Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também