Juve tropeça antes de confronto direto e reacende esperança do Napoli

EFE

Roma, 18 abr (EFE).- Um tropeço inesperado da líder Juventus, que ficou no empate com o Crotone em 1 a 1 fora de casa, colocou fogo nesta quarta-feira em um Campeonato Italiano que parecia decidido, já que o Napoli, segundo colocado, fez sua parte ao vencer a Udinese por 4 a 2 e se colocou a quatro pontos da 'Velha Senhora' antes do confronto direto do próximo domingo em Turim.

A 33ª rodada foi de sobe e desce na tabela, com alegrias e frustrações para as torcidas dos dois primeiros colocados. Os 'Azzurri' chegaram a estar perdendo para a Udinese por 2 a 1 a cerca de 25 minutos do apito final, enquanto a Juve levava a melhor no confronto realizado no estádio Ezio Scida, na cidade de Crotone.

Entretanto, a equipe dirigida por Maurizio Sarri buscou a virada, enquanto os 'Bianconeri' cederam o empate, o que deixou a disputa entre líder e vice-líder em 81 pontos a 77.

Na cidade de Crotone, a Juventus fez 1 a 0 com gol do lateral Alex Sandro, aos 17 minutos do primeiro tempo, após passe de Douglas Costa. Os visitantes até tiveram chances para aumentar a vantagem, mas as desperdiçaram e foram castigados de maneira cruel.

Aos 20 minutos da segunda etapa, o atacante Simy, de 1m98 de altura, acertou uma bicicleta que fez lembrar a de Cristiano Ronaldo no Allianz Stadium, há duas semanas, pela Liga dos Campeões.

A Juve tentou reagir e poderia ter desempatado em finalizações de Matuidi e Higuaín, mas o goleiro Cordaz cresceu para cima de ambos e garantiu a igualdade, resultado que mantém o Crotone abrindo a zona de rebaixamento. A equipe anfitriã soma 28 pontos, um a menos que a Spal, que ficou no 0 a 0 com o Chievo e ainda é a concorrente imediatamente acima na tabela.

O Napoli sofreu, mas obteve um triunfo de suma importância na busca pelo 'Scudetto'. O time dos brasileiros Jorginho e Allan saiu atrás no estádio San Paolo, graças a gol de Jankto, aos 41 minutos da etapa inicial. Insigne deixou tudo igual seis minutos depois.

Após o intervalo, a partida pegou fogo com o segundo da Udinese, marcado por Ingelsson, aos dez minutos. Os 'Azzurri' fizeram 2 a 2 com Albiol, aos 19, e obteve a virada aos 25, graças a Milik. Tonelli assinalou o quarto, cinco minutos depois, e selou o triunfo.

A 33ª terceira rodada foi de vitórias dos três times que disputam duas vagas na próxima Liga dos Campeões. A Inter de Milão havia assumido a terceira posição, com 63 pontos, na terça-feira ao golear o Cagliari por 4 a 0 no estádio de San Siro, mas voltou ao quinto lugar porque Roma e Lazio foram a 64 ao bateram Genoa e Fiorentina, respectivamente.

Os 'Giallorossi', que aparecem em terceiro devido ao confronto direto com o rival, abriram 2 a 0 no Estádio Olímpico, com gols de Ünder e Zukanovic, que marcou contra. Lapadula descontou para os visitantes, que vêm em 12º.

Já a Lazio quebrou uma invencibilidade de oito partidas da Fiorentina de maneira emocionante ao derrotá-la por 4 a 3 no Artemio Franchi. A 'Viola' esteve à frente em 2 a 0 e 3 a 2, mas os 'Biancocelesti' buscaram a virada com direito a um gol de Felipe Anderson. EFE


Leia também