Para Marcelo, árbitro de vídeo tira realidade do futebol

Madri, 18 abr (EFE).- O lateral-esquerdo Marcelo respondeu ao técnico do Bayern Munique, Carlo Ancelotti, que se mostrou partidário ao árbitro de vídeo após a derrota para o Real Madrid por 4 a 2 nesta terça-feira, e considerou que a tecnologia tira a realidade dos jogos de futebol.

"Acredito que desde sempre os árbitros têm um papel muito difícil. Apitar com vídeos é tirar a realidade do jogo. Nós também erramos um passe e não há volta atrás. Acredito que não se deve mudar", comentou o lateral da seleção brasileira após a partida, que marcou a classificação do Real para as semifinais da Liga dos Campeões pelo sétimo ano seguido.

Os jogadores e o treinador do Bayern protestaram contra a expulsão do meia Arturo Vidal e contra dois dos três gols marcados por Cristiano Ronaldo devido a impedimentos não marcados do português. Marcelo preferiu não comentar os lances.

"Faz muito que deixei de falar dos árbitros. Sinceramente, não falo. Antes me irritava. Quando falham, é normal que as pessoas protestem. Mas não falo mais disso", declarou.

No terceiro gol do Real, Marcelo protagonizou lindo lance individual, com direito a drible da vaca, antes de dar o passe para Cristiano Rolando, em posição irregular, completar para a rede. "Tentei fazer a melhor jogada para acabar em gol. Vi alguém de branco ao meu lado direito e passei para Cristiano", descreveu. EFE