Justificativas de Gabigol e Flamengo são constrangedoras

Alexandre Praetzel

O atacante Gabriel Barbosa estava na madrugada deste domingo (14) em um cassino clandestino fechado pela polícia em São Paulo. Além do jogo ser ilegal, o jogador estava em uma aglomeração de cerca de 200 pessoas durante o pior momento da pandemia no Brasil. Alexandre Praetzel comenta o caso e dá sua opinião sobre as posições do atleta e do Flamengo após o acontecimento.