Justiça suspende torcidas de Grêmio e Inter por 90 dias

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Decisão tomada pela Justiça proíbe que oito torcidas organizadas não possam frequentar Arena e Beira-Rio.
Decisão tomada pela Justiça proíbe que oito torcidas organizadas não possam frequentar Arena e Beira-Rio. Foto: (Pedro H. Tesch/AGIF)

Oito torcidas organizadas de Grêmio e Inter foram suspensas pela Justiça do Rio Grande do Sul pelos incidentes provocados nos clássicos Gre-Nais realizados no Campeonato Gaúcho deste ano. A decisão tomada pelo juiz Marco Aurélio Martins Xavier, do Juizado do Torcedor, na última segunda-feira, proíbe de frequentar os estádios as torcidas coloradas Super Fico, Nação Independente, Força Feminina e Camisa 12. Já do lado tricolor, as punidas foram a Geral do Grêmio, Torcida Jovem, Garra Tricolor e Rasta do Grêmio.

Foi considerado, pelo juiz Marco Aurélio Martins Xavier, o somatório de eventos acontecidos durante os quatro eventos envolvendo as torcidas de ambos os lados. O primeiro, que se trata de cantos racistas por parte da torcida gremista, aconteceu no clássico da fase de grupos do Gauchão. Como é difícil identificar os autores, foi decidido pela punição geral, segundo o juiz: "A autoria individual dos delitos é de difícil obtenção, dada a forma generalizada da execução. De qualquer modo, de posse da conduta das Torcidas Organizadas, existe a possibilidade jurídica de penalização. O perigo da tardança deriva do próprio histórico das organizadas, grupos que insistem em proceder de forma abusiva, principalmente em clássicos locais, nos quais deixam-se envolver no clima de fanatismo e rivalidade, perdendo, como no caso, a noção de limite das ações".

Leia também:

Já sobre as torcidas organizadas do Internacional, foram considerados os arremessos de rojões e sinalizadores em direção aos 'torcedores comuns' do Grêmio na Arena do Grêmio, em partida válida pelo jogo de volta das semifinais do estadual.

As punições impedem que materiais alegóricos com identificação das torcidas organizadas que foram condenadas adentrem aos estádios, além de interdição do local onde as torcidas ocupam. Os torcedores, porém, como indivíduos, não estão proibidos de irem aos jogos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos