Justiça italiana pedirá execução da pena de Robinho no Brasil

·1 min de leitura
ISTANBUL, TURKEY - MARCH 9: Robinho of Medipol Basaksehir celebrates after scoring a goal during the Turkish Super Lig soccer match between Medipol Basaksehir and Fenerbahce at 3rd Istanbul Basaksehir Fatih Terim Stadium in Istanbul, Turkey on March 9, 2019. 
 (Photo by Onur Coban/Anadolu Agency/Getty Images)
Condenado por estupro coletivo, atacante terá seu nome incluído na lista vermelha da Interpol. Foto: (Onur Coban/Anadolu Agency/Getty Images)

O atacante Robinho, condenado a nove anos por estupro coletivo junto de seu amigo também brasileiro Ricardo Falco, poderá cumprir sua pena no Brasil.

O pedido da Justiça Italiana de incluir o nome de Robinho e seu amigo na 'lista vermelha' da Interpol faz com que haja um pedido de prisão provisória em 195 países para que ele comece a cumprir a pena de detenção.

Leia também:

Diretor Geral de Relações Internacionais e Cooperação Judiciária do Ministério da Justiça da Itália, Stefano Opilio, informou que: "Não se trata de Robinho, um jogador conhecido. Essa é uma atividade cotidiana, que fazemos centenas de vezes por dia. São muitos casos como o dele.

O Diretor Geral será, também, o responsável por encaminhar ao Ministério da Justiça do Brasil o pedido que o ex-jogador do Santos cumpra sua pena em território brasileiro.

Leva cerca de 30 dias para que a sentença, antecipada pela Corte de Cassação de Roma, equivalente ao Supremo Tribunal Federal aqui no Brasil, esteja disponível. Geralmente, se aguarda a divulgação da mesma para que sejam feitas as solicitações de captura internacional, mas há situações de exceção em que o pedido é feito de forma imediata, sem que seja necessária a íntegra da sentença.

Uma vez que os nome de Robinho e Ricardo Falco estiverem na lista de procurados pela Interpol, eles poderão ser presos assim que saírem do Brasil para os outros 194 países que fazem parte do sistema internacional de capturas.

Mesmo com a condenação, a Constituição de 1988 veta a extradição de cidadãos brasileiros, o que impede que eles cumpram a pena no país europeu.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos